• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como realmente é a vida das mulheres árabes?

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      28/12/18 às 16h41

Nós seres humanos possuímos características muito distintas um dos outros. Muito disso se deve as nossas diferenças culturais. E o mesmo vale para as mulheres, que se vestem e se comportam de modos completamente distintos. Geralmente, tudo isso está ligado a aspectos culturais de cada local.

A Arábia Saudita é um dos países em que a desigualdade de gênero é mais explicita. As mulheres costumam viver toda a vida sobre a tutela de um homem. A maior parte das coisas não pode ser feita sem a permissão de alguém do sexo masculino, seja seu pai, irmão ou marido.

Casamento  e poligamia

Grande parte dos casamentos na Arábia Saudita ainda são arranjados, de acordo com o desejos dos pais. No entanto, a noiva tem a liberdade de rejeitar a pessoa proposta, felizmente. Na maioria dos países, a idade mínima para se casar é de 18 anos, mas isso não acontece em todos os países.

Ao contrário do que muitos imaginam, a maioria dos casamentos são monogâmicos. O homem pode se casar com até 4 mulheres, no entanto, isso requer muitos gastos que na maioria das vezes não podem ser bancados. Geralmente os sheiks e homens muito ricos costumam ser poligâmicos. Mesmo assim, há regras a serem seguidas na poligamia. Cada mulher deve ter sua casa e deve ser tratada de forma igual as outras, deve receber atenção igual e também presentes assim como as outras esposas.

Roupas, trabalho e estudos

Geralmente as mulheres sauditas são obrigadas a esconder o corpo. É por isso que usam roupas largas ou um vestido preto de mangas longas que cobre todo o corpo, o Abaya. Além disso, elas também devem usar um lenço na cabeça. Tudo isso, porque sua beleza só deve ser vista pelo seu marido.

Em relação ao trabalho e aos estudos, tudo depende da autorização de um homem e também do local do país em que a mulher reside. Alguns lugares permitem que a mulher trabalhe, desde que isso não interfira em sua principal atividade: cuidar da casa e dos filhos. Quanto a estudar, isso depende da autorização do pai ou marido, mas geralmente o ensino das mulheres é negligenciado e a maior parte delas não concluí o ensino superior.

De forma geral, a Arábia Saudita vive uma grande segregação que tem por base o gênero. Os trens, por exemplo, tem um vagão apenas para mulheres. Quando a relação é monogâmica, a casa é dividida e a mulher é estritamente proibida de circular no lado masculino. E até mesmo em estabelecimentos de alimentação, há uma parte para as famílias, outro apenas para mulheres solteiras e ainda um outro apenas para homens solteiros.

E você, sabe mais alguma curiosidade sobre a vida das mulheres arábicas? Nos conte aqui nos comentários e aproveita para compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   incrivel     incrivel  
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+