• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como são os casamentos em 7 culturas diferentes

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      25/06/19 às 17h28

Sem dúvida alguma, o casamento é uma das celebrações mais importantes na vida de uma pessoa. No mundo todo, as pessoas celebram a união de um casal com festas, muita comida, enfeites e diversos tipos de rituais. Tais costumes e ritos nos casamentos costumam variar de acordo com a cultura e o país.

Na Arábia Saudita, por exemplo, os homens e as mulheres, incluindo os noivos, não celebram o casamento juntos. Na China e na Índia, a grande maioria das noivas veste vestidos e acessórios vermelhos, ao invés do popular vestido branco usado em outras partes do mundo. Pensando nisso, hoje, trouxemos para vocês, como são algumas cerimônias e celebrações de casamento ao redor do mundo. Confira!

1 - China

Na China, as noivas costumam utilizar, ao invés do branco, o vermelho. A cor vem para simbolizar a alegria e o amor. E não é só no vestido que o vermelho é explorado. A cor também por muitas vezes é usada também nos convites e na decoração das festividades. Uma noiva na China pode chegar a vestir até três vestidos durante toda a celebração.

Outro item marcante nas celebrações chinesas de casamento são os ensaios fotográficos dos noivos, que antecedem o casamento. Essas fotos geralmente são usadas como parte da decoração da festa e da cerimônia em si.

2 - Índia

Na Índia, o vermelho também tem forte apelo também nos trajes das noivas. No país, a cor representa fertilidade, prosperidade, longevidade e boa saúde. Diferente de muitos outros cantos do mundo, por lá, o branco só é utilizado pelas viúvas. Durante as celebrações, as mãos e pés da noiva são decorados com tatuagens temporárias feitas com hena.

Esses desenhos podem levar horas para serem feitos devido à riqueza de detalhes. Além do mais, as noivas indianas costumam usar joias como aquele famoso brinco de nariz (Nath), um adorno em sua testa, conhecido como Bor, e uma tornozeleira com sininhos, chamada de Paizeb. Nos pés, elas também utilizam alguns anéis de prata.

3 - Israel

Os casamentos e as celebrações israelenses são repletos de detalhes e simbolismos que fazem referência às tradições judaicas. Os noivos costumam entrar antes da noiva e quebram com o pé direito um copo, em uma clara referencia à destruição do Templo de Jerusalém. Ambos os noivos fazem jejum para o casamento. As noivas sempre se vestem de branco para a cerimônia, pela fato de a cor representar a pureza.

Ambos devem ser acompanhados por seus pais até o altar. Como uma metáfora da criação do mundo, no início da cerimônia, a noiva e seus pais dão sete voltas ao redor do noivo.

4 - Rússia

Os casamentos russos costumam acontecer ao longo do mês de agosto, por ser um mês com temperaturas mais amenas. Os vestidos das noivas costumam ser bem volumosos e com muito brilho. Curiosamente, os noivos usam a aliança na mão direita. Em algum momento, as tradições consideravam a mão esquerda como uma representação de algo não muito confiável.

Os russos costumam organizar seus casamentos alguns meses antes da data marcada chegar. Alguns até mesmo chegam a marcar a data e fazer reservas de espaços e restaurantes com até um ano de antecedência. Durante a cerimônia, ainda existe um rito feito, supostamente, para trazer sorte aos noivos. Ele consiste na quebra de taças de vidro no chão pelos convidados.

5 - Grécia

Na Grécia, o mês de janeiro é considerado o mês da fertilidade. Portanto, a grande maioria dos casamentos costuma acontecer ao longo do primeiro mês do ano. Muitos deles acontecem inclusive aos domingos. A cerimônia se inicia fora da igreja, com uma benção feita pelo sacerdote. Posteriormente, os noivos entram na igreja, onde as velas, que eles ficam segurando durante toda a cerimônia, são acesas. Ao invés de taças, como nos casamentos russos, os convidados nas cerimônias gregas quebram pratos para atrair sorte aos noivos.

6 - Japão

No Japão, o branco também é uma cor associada à pureza. Por isso, muitos dos vestidos, chapéus, bolsas e sapatos das noivas costumam ser brancos. Os japoneses, em suas cerimônias matrimoniais, têm como tradição celebrar seus antepassados. Lembranças do casamento costumam ser enfeitadas com nomes dos avós dos noivos, bem como de amigos que já faleceram.

Os casamentos costumam acontecer na primavera ou no outono. No país, o número 11 é considerado um número de sorte. Assim, muitos casamentos são marcados ao longo do mês de novembro. Os convidados nunca dão aos noivos objetos cortantes, como facas e tesouras, por exemplo. Tais objetos para eles representam um "corte" na relação do casal, o que poderia separá-los.

7 - Arábia Saudita

Os casamentos na Arábia Saudita são muito bem elaborados e quase teatrais. Eles costumam acontecer depois das 23h. Os homens e as mulheres celebram o casamento em salas separadas. Inclusive, muitos noivos acabam por planejar seus casamentos no exterior para que possam celebrá-lo juntos. Algumas noivas costumam entrar no salão sozinhas e desfilam por uma espécie de passarela, para que todos ali presentes possam vê-la.

Posteriormente, o noivo, acompanhado dos familiares da noiva, como o pais, tios e irmãos, entram no salão onde são feitas algumas fotos do grupo. Depois, todos os homens deixam o local para irem celebrar com os outros homens. Nos casamentos, são muito comuns apresentações de danças do ventre para entreter os convidados.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+