• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça as histórias por trás das mais assustadoras máscaras do cinema

POR PH Mota    EM Entretenimento      11/10/16 às 14h03

Grande parte do sucesso dos maiores filmes de terror da história está na construção de um vilão realmente ameaçador. Para construir personagens que realmente pareçam capazes de cometer atos impensáveis de violência, é normal que os criminosos estejam escondidos por trás de uma máscara, deixando a identidade em mistério para aumentar o clima de terror.

Aqui mesmo, na Fatos Desconhecidos, nós já contamos um pouco sobre atores e modelos por trás das máscaras que escondem alguns dos assassinos mais assustadores do cinema. Agora que vocês já sabem quem vestiu cada uma das máscaras, vamos falar um pouco sobre como elas surgiram.

Conheça algumas das histórias que revelam como as equipes de produção decidiram pelos visuais que entraram para a história do cinema.

O Massacre da Serra Elétrica (1974)

1

O Massacre da Serra Elétrica foi um dos primeiros responsáveis por dar vida ao início dos filmes de terror slasher que explodiram principalmente durante a década de 80. A máscara do assassino Leatherface, feita de couro humano, saiu da ideia do diretor do filme, Tobe Hooper. Ela foi modelada em látex para simular a junção da parte do corpo de várias vítimas do vilão, antes da história narrada no filme. Durante o filme, três diferentes máscaras são utilizadas. A ideia era que o assassino não demonstrasse personalidade por trás da máscara e pudesse utilizar qualquer rosto enquanto representava sua intenção de matar.

Halloween (1978)

2

Para criar o visual do vilão em Halloween, o diretor John Carpenter se inspirou numa máscara sem expressão do Capitão Kirk, personagem de William Shatner em Star Trek. A máscara foi encontrada pelo diretor de arte do filme, enquanto buscava uma solução para o personagem. Além da máscara de Kirk, ele também cogitou a imagem de um palhaço. Com os olhos alterados para ficarem mais largos e a pintura branca completamente sem expressão, o visual de Michael Myers se tornou assustador o suficiente para entrar para a história do terror.

Sexta-Feira 13 (1980)

3

Uma das imagens mais icônicas do terror nos cinemas é a máscara de hóquei utilizada por Jason Voorhees durante a sequência da franquia Sexta-Feira 13. Ainda assim, a peça só chegou a fazer parte da história a partir do terceiro filme. Por mais que existam várias versões para explicar a origem da máscara, a mais aceita delas considera a decisão responsabilidade de um dos membros da produção, Martin Sadoff. Durante um teste de maquiagem, a produção gostaria de saber como o personagem iria parecer em uma nova cena. Para não perder horas maquiando o ator Richard Brooker, foi feita a sugestão da utilização da máscara, que por um acaso estava disponível no estúdio no momento.

Silêncio dos Inocentes (1991)

4

Assim como no caso de Jason, a máscara de Hannibal Lecter também teve inspiração em goleiros da NHL, a liga de hóquei nacional dos Estados Unidos. Quando Ed Cubberly recebeu a missão de fazer uma máscara para um maníaco que mordia as pessoas, rapidamente pensou em parte dos equipamentos do goleiro, especificamente na parte de baixo da máscara, com algumas barras colocadas na parte da boca. Deixar as cores originais da máscara também foi ideia de Cubberly, que achou que o tom combinaria com o visual da prisão.

Pânico (1996)

5

Quando Wes Craven criou a história para Pânico, o roteiro não dava informações de como seria a aparência do assassino, apenas citava a presença de uma máscara. Um dia, enquanto trabalhava numa casa abandonada para a produção do filme, Marianne Maddalena encontrou uma máscara perfeita para o papel. Craven amou a sugestão, mas esbarrou no impasse dos direitos da máscara, que era fabricada por uma empresa chamada Fun World. Depois de muita negociação, estúdio e fabricante entraram em um acordo de sucesso para os dois lados.

Gostou das histórias? Qual dessas máquinas é a mais assustadora na sua opinião?

Próxima Matéria
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+