• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o ''jardins do diabo'', uma árvore amazônica que pode ser mortal

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      16/01/19 às 15h08

Considerada a maior floresta tropical do mundo, a floresta Amazônica é rica em biodiversidade. Com uma floresta densa, formada principalmente por árvores de grande porte, ela carrega vários mistérios, um deles é a existência de clareiras que se destacam pelo fato de ali crescer apenas uma espécie de árvore.

Os "jardins do diabo", como são chamadas as clareiras, são constituídas apenas pela árvore duroia (Duroia hirsuta), que segundo os nativos da região, seriam as preferidas dos seres sobrenaturais que vivem por ali. A lenda conta que esses espíritos malignos limpariam as ervas daninhas do jardim para evitar que outras plantas pudessem crescer no lugar. Para que ninguém ousasse entrar nessa região após o pôr do sol.

No entanto, cientistas descobriram outra explicação para o fenômeno incomum, quase tão interessante quanto a lenda contada pelos habitantes da região.

A explicação

As folhas dessa espécie de árvore possuem aberturas com inchaços que permitem a entrada e saída de formigas, as Myrmelachista schumanni. Nesse esconderijo, as formigas fizeram seu habitat, se protegendo de possíveis predadores e guardando seus ovos e larvas.

Diferentemente de uma situação comum, onde o parasita apenas suga do seu hospedeiro, nesse caso as árvores também sem beneficiam da presença dessas formigas. Nessa simbiose, as formigas atuam na defesa natural dessas árvores, as protegendo de seus oponentes.

A defesa

Naturalmente, os insetos se alimentam das folhagens das árvores, o que não acontece com as duroias, visto que as formigas ali presentes trabalham arduamente para as proteger.

E as formigas não se acovardam diante dos predadores, por vezes enfrentando insetos milhares de vezes maiores do que elas. Com a desvantagem em tamanho, essas formigas possuem uma estratégia de guerra: identificam o ponto fraco do seu adversário e então o atacam.

O trabalho desse exército particular não se resume somente em afastar os animais que podem danificar a árvore, mas também outras plantas que competem com ela.

O ataque

Quando deixam o seu habitat dentro das folhas para explorar a região e encontram novos brotos, as formigas analisam sua origem, comprovando ser da mesma espécie do seu hospedeiro, e assim, elas a deixam em paz. No entanto, se for um organismo estranho, elas começam o seu ataque.

Além da mordida, essas formigas usam suas garras parar ferir a planta, até ela começar a murchar, e injetam ácido fórmico nas feridas, ocasionando sua morte. E assim aumentam o espaço para o seu jardim, garantindo a expansão do seu hospedeiro, assegurando mais casas para que possam procriar e ampliar seus exércitos.

Próxima Matéria
Via   BBC     Toda Matéria  
Imagens Amazônia
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+