• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça a primeira pessoa que ultrapassou a barreira do som

POR Mateus Graff    EM História      14/06/18 às 13h37

Que tal conhecer a história do homem que foi chamado de 'o homem mais veloz da Terra"? Estamos falando de Chuck Yeager, muito conhecido como "Mr. Supersonic". Bom, foi no dia 14 de outubro de 1947 que ele se tornou o homem mais rápido do mundo. Como? Ele conseguiu voar mais rápido que o som, superando a velocidade de Mach 1 (1.225 quilômetros por hora ao nível do mar).

Yeager, na época, era capitão da Força Aérea Americana. A última vez que ele pilotou foi um caça F-16, em 2007, quando comemorou 60 anos da sua façanha. Ficou curioso para saber mais sobre esse mito? A gente conta sua história para vocês.

A primeira pessoa ultrapassou a barreira do som

Tudo começou ainda na Segunda Guerra Mundial, quando Yeager tinha 21 anos de idade e fez 13 missões na Europa. O cara derrubou seis caças alemães, sendo cinco em uma única missão. Em 1944 ele foi atingido e teve de abandonar seu avião. Felizmente ele saltou de paraquedas e caiu em um lugar seguro. Depois, ele voltou para Inglaterra e ao combate. Quando a guerra acabou, ele foi consagrado como um ás da Força Aérea e foi selecionado para testar jatos na Califórnia.

A história dele rompendo a barreira do som começa com o cara embarcando em um X-1 Bell, o avião-foguete acoplado à barriga de um bombardeiro B-29. O B-29 decolou da Base Aérea Edwards, na Califórnia, subiu cerca de 6.000 metros e soltou o X-1.

Nisso, Yeager acionou os quatro foguetes e o jato acelerou rumo à estratosfera. Muitos pilotos tentaram a mesma coisa antes dele, mas não obtiveram sucesso. Sempre que o X-1 se aproximava da velocidade do som, uma turbulência crescente fazia o piloto perder o controle da aeronave.

Por isso, havia o mito de que a barreira do som era intransponível, um muro invisível no céu. Quem tentasse ultrapassá-lo morreria. Yeager conhecia bem o avião, pois já havia voado nele 9 vezes. No voo do dia 14 de outubro de 1947, caros amigos, ao ultrapassar os 1.000 quilômetros por hora, sentiu trepidações no manche, o sinal de que a barreira do som estava cada vez mais próxima.

Nesse momento ele alterou a angulação dos estabilizadores na cauda do avião em apenas 2 graus. A turbulência acabou, ele acelerou o avião suavemente até conseguir o seu objetivo. Ele diz que não conseguiu escutar o boom sônico, mas que estava no solo sim. Sua façanha foi única até o ano de 1953, quando Scott Crossfield superou o dobro da velocidade do som.

Mas e você, conhecia a história de Charles Yeager? Não esqueça de comentar aqui embaixo!

Próxima Matéria
Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+