• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça tudo sobre o primeiro voo particular à Lua

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      11/04/19 às 14h15

Há quase dois meses atrás, uma espaçonave israelense privada foi lançada ao espaço em um voo comercial e entrou em órbita lunar. Agora, os cientistas estão se preparando para aterrissar na superfície da lua.

Essa será a primeira vez que uma empresa particular alcança tal feito. O robô, chamado Beresheet, tem o tamanho aproximado de uma máquina de lavar louças. Se tudo ocorrer como o planejado, esse será o primeiro pouso privado na história da Lua. E a missão histórica ainda poderá fazer de Israel o quarto país a ter uma nave espacial a pousar na Lua.

A bordo de um foguete da SpaceIL, o Beresheet foi lançado ao espaço no dia 21 de fevereiro. E desde então, o robô tem acelerado gradualmente a sua velocidade em direção à lua. A SpaceIL é uma organização sem fins lucrativos que está por trás dessa ambiciosa missão. Com a participação da Universidade de Tel Aviv, o grupo de cientistas projetou e deu início a construção da espaçonave em 2011. Usando de um orçamento privado de cerca de US$ 100 milhões.

A missão à Lua

No começo da semana, os controladores da missão dispararam os motores do Beresheet . A ação é uma medida para alcançar uma órbita ao redor da lua. Durante a operação, o robô conseguiu fotografar o lado oposto da lua, a cerca de 550 quilômetros de distância.

Agora, com essa considerável aproximação, o Beresheet está a uma pequena distância de um pouso na lua. A SpaceIL está programando o momento preciso para explodir os propulsores do robô pela última vez. Com a explosão do motor, a velocidade da espaçonave será reduzida. E assim fazendo com que o robô de quatro patas caia da órbita lunar e chegue até a superfície da lua.

É esperado pela equipe de cientistas que o Beresheet pouso na lua ocorra no dia 11 de abril. Segundo a SpaceIL, a empresa fará uma transmissão ao vivo da sua histórica tentativa de pouso na lua.

"Esta missão conjunta da SpaceIL e da Israel Aerospace Industries (IAI) será transmitida ao vivo via satélite com acesso a todas as mídias", disse a SpaceIL em comunicado. A empresa disse ainda que o grupo irá fazer uma coletiva de impressa logo após o pouso.

Abrindo os caminhos comerciais até a lua

A SpaceIL anunciou durante uma conferência espacial, em 2011, as suas intenções de construir e lançar um veículo de pouso lunar. A ideia ousada chamou a atenção do bilionário sul-africano Morris Kahn, que decidiu investir no negócio.

Depois da apresentação dos engenheiros da SpaceIL, Kahn ficou encantado com a ideia. Ele então procurou os líderes do grupo para saber mais sobre o projeto e saber se eles já tinham o investimento necessário.

"Eles disseram: 'Dinheiro? Dinheiro, para quê?' Eu disse: "Sem dinheiro, você não vai chegar a lugar algum", disse Kahn em entrevista ao Business Insider. "Eu disse a eles: 'Olhe, venha ao meu escritório, eu lhe dou US$ 100.000 e vocês podem começar.' E foi assim que eu inocentemente me envolvi neste tremendo projeto".

No final, a missão custou cerca de US$ 100 milhões.  Na verdade, um valor relativamente pequeno se comparado ao investimento de US$ 469 milhões que a NASA gastou nos anos 1960 com lunares similares.

Kahn alega que investiu pessoalmente cerca de US$ 43 milhões na empreitada. O restante, a SpaceIL conseguiu com financiamento adicional de fontes privadas.

"Eu não quero ser o homem mais rico do cemitério." Kahn explica, "Eu gostaria de sentir que usei meu dinheiro de forma produtiva".

Agora é só aguardar para descobrir se a missão sairá como o planejado.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+