• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Criador de Seven Deadly Sins pretende acabar o mangá em breve

POR Raul Martins    EM Notícias      10/08/18 às 18h14

O popular anime Nanatsu no Taizai, conhecido aqui no Brasil como Seven Deadly Sins ou Sete Pecados Capitais, é um dos títulos do gênero mais importantes do catálogo da Netflix. A série já tem 2 temporadas e cerca de 50 episódios lançados, incluindo OVAs. Atualmente, o mangá se encontra no 33º volume, mas já tem data para acabar.

O autor da obra, Nakaba Suzuki, foi entrevistado pela revista Da Vinci para falar de seu trabalho (via ANN). O autor declarou que a série realmente já está chegando ao fim. Segundo ele, o mangá irá acabar por volta do volume 40, ou seja, mais alguns meses de publicação - no máximo, um ano. Suzuki disse que já começou a história com o final em mente, e ele seguirá essa ideia à risca, até o fim. Para ele, será um final digno de um shonen de respeito.

Quando perguntando sobre uma possível sequência, o autor disse que tudo irá depender dos seus editores. A grande notícia, no entanto, foi que o autor está em negociações para criar um novo projeto: um mangá de baseball. Mas nada está definido ainda.

Pra quem ainda não conhece o anime...

Seven Deadly Sins, conhecida também por Sete Pecados Capitais no Brasil, é uma obra de Nakaba Suzuki distribuída no ocidente pela Netflix. Um grupo de guerreiros, chamados de Sete Pecados Capitais, foi exilado do reino injustamente, incriminados pela Guarda Real. Elizabeth descobre a verdade por trás do exílio e parte em busca dos 7 guerreiros. Sem demorar muito ela encontra o capitão da lendária equipe, e une forças a ele para encontrar os outros integrantes. Ao longo do caminho eles se conhecem melhor e descobrem que, na verdade, possuem muito em comum.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   CB  
Imagens ST AU
Raul Martins
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+