• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Criança de 13 anos desaparece e uma carta desesperada é encontrada no meio da floresta

POR Isabela Ferreira    EM Mistérios & Horror      25/05/18 às 12h57

Lidar com a depressão não é algo nada fácil. Tanto quem sofre a doença, quanto as pessoas que estão à sua volta acabam enfrentando momentos bastante delicados. O principal problema é que por diversas vezes, a pessoa sofre sozinha sem ao menos desconfiar que possui o problema. Como se não bastasse, alguns amigos e parentes tendem a julgar o comportamento estranho da pessoa como frescura ou uma forma de chamar atenção... O que apenas agrava a condição.

A sociedade ainda está aprendendo a lidar com a depressão, que durante muito tempo foi vista com maus olhos. No entanto, algumas pessoas ainda insistem que a doença não existe. Que aquele que sofre com isso está apenas tentando atrair olhares. De qualquer forma, ainda precisamos passar por um longo processo de reeducação a respeito do tema.

No mais, temos a mania de acreditar que o problema atinge apenas os mais velhos. Mas infelizmente, as crianças não estão livres. Recentemente, um menino de apenas 13 anos simplesmente desapareceu no Kent, condado no sudeste da Inglaterra, e apenas uma pista foi encontrada a respeito.

Carta encontrada em floresta

Intensas investigações foram iniciadas e as buscas pela criança são frenéticas. A situação veio à tona após Danny Harris, de 39 anos, encontrar uma carta jogada na trilha de uma floresta. Enquanto caminhava pelo local, ela notou que havia um papel jogado no chão e quando leu as palavras ali escritas, sabia que deveria procurar a polícia.

A carta dizia trechos como: "Eu sei que ninguém vai ver isso, mas eu tenho esperança. Há tanta coisa acontecendo na minha vida. Eu não sei se posso lidar com isso. Eu me machuco, mas sinto que não é o suficente. Eu preciso tirar tudo isso do meu peito e essa é a única coisa que eu poderia pensar em fazer" Por fim, a carta era assinada com a idade do autor. Agora, tudo que Danny e sua parceira, Katie Cole, de 44 anos, mais querem é encontrar a criança e ajudá-la a se recuperar.

Segundo Katie: "Eu gostaria que a pessoa que escreveu essa nota soubesse que as pessoas a viram e que se importam. Que há gente por aí que pode ajudar. Eu encorajaria a procurar ajuda... Não importa com quem você fala". Ainda acrescentou: "Quando você tem 13 anos, a menor coisa pode ser absolutamente enorme, e não é preciso muito para enganar alguém".

Trabalho da polícia

A polícia foi acionada por volta das 13 horas do dia 10 de maio. Conforme relataram às mídias locais, ainda não se sabe ao certo se a criança é um menino o menina. O mais curioso ainda, é que não existe nenhuma ocorrência registrando o desaparecimento de uma criança, ou seja... Pais ou responsáveis não fizeram nenhum movimento para encontrá-la.

Segundo Tim Smith, superintendente-chefe da polícia local: "Os oficiais tomaram conhecimento da nota e prestaram atenção extra à área onde foi descoberta. Eu gostaria de pedir a quem quer que tenha escrito para entrar em contato conosco para que possamos verificar se eles estão ok e garantir que recebam o suporte necessário".

Já Nick Harrop, gerente de campanhas de uma instituição de saúde mental, disse: "Se a vida não está fácil, não sofra em silêncio. Fale com alguém em quem você pode confiar e diga tudo que sente. Pode ser um amigo, um membro da família, um professor, um médico... Todos eles podem ser uma grande ajuda". Depressão é um problema sério e que deve ser tratado. A pessoa precisa ter todo o apoio preciso para que consiga sair bem dessa. Por hora, ainda é tudo um mistério. No entanto, ficamos na torcida para a história tenha um desfecho feliz.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Via   The Sun  
Imagens The Sun
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+