Mundo Animal

É possível levar seu peixe para passear?

0

Quem tem um animal de estimação sabe o quão gratificante e agradável é receber o carinho deles. Dizem que o cachorro é o melhor amigo do homem, mas isso não quer dizer que ele seja o único pet que pode dar alegria às pessoas. O amor incondicional dos donos podem acontecer com gatos, pássaros e até mesmo com um peixe.

Infelizmente, para muita gente, ter um peixe como animal de estimação pode ser considerado um pouco sem graça. Contudo, essa ideia pode estar prestes a mudar. Isso porque uma empresa japonesa acaba de criar um recipiente peculiar, capaz de ajudar os donos a levarem seus peixes para passear. O produto, cujo formato lembra o de um contêiner, permite que o animal seja realocado sem ocasionar danos.

Passeio

Daily times

Conhecido como bolsa katsugyo, o aquário portátil é um tubo longo, com uma seção intermediária transparente, uma alça e um medidor que monitora a saturação de oxigênio da água.

O produto foi desenvolvido pela empresa “Ma Corporation” e tem como objetivo se tornar uma alternativa mais elegante, eficiente e ecologicamente correta que os sacos de plásticos que são utilizados para o transporte de peixes.

Por ser algo inédito, a bolsa katsugyo segue em fase de teste. Portanto, ainda não se sabe quando o produto estará disponível no mercado. Os envolvidos na elaboração do recipiente ainda precisam realizar novas análises para se certificar da equidade do mesmo. Todo o trabalho está sendo documentado no Instagram.

A julgar pelas fotos e vídeos do aquário portátil que foram publicadas no Instagram, o peculiar recipiente segue em processo de evolução. Em comparação com as versões anteriores, os novos protótipos, além do medidor de oxigênio, também possuem mecanismo que facilitam a alimentação dos peixes que futuramente serão transportados.

Peixe

Os inventores da bolsa katsugyo também estão realizando experiências com várias espécies de peixes. Nessa parte do processo, os especialistas querem saber qual espécie se adaptará melhor ao novo entorno. Para os envolvidos, até o momento, a cavala, uma espécie de peixe que está acostumada a se locomover mais em um ambiente aquático, é um dos peixes que pode não se adequar ao aquário.

Os comentários postados na maioria dos uploads do Instagram apontam que a bolsa katsugyo pode ser um sucesso no setor comercial e não somente no Japão, mas também em diversas outras regiões. Muitos dos usuários da rede social em questão demonstram uma certa curiosidade em relação ao produto. Os questionamentos mais comuns nas publicações envolvem o custo e os locais de venda. De um modo geral, a maioria dos usuários parecem apoiar o projeto.

Embora esteja se desenvolvendo a sacola katsugyo para atender à funcionalidade de um tanque portátil para peixes de estimação, as pesosas amantes de sushi também podem usar o recipiente. Até porque, o produto garante que a refeição favorita dos adeptos da culinária japonesa esteja o mais fresca possível.

Possibilidades

My aquarium

Todos nós sabemos que é extremamente comum encontrar peixes estressados em diversos aquários. Esse estresse é provocado por qualquer condição que influencie o estado fisiológico normal do peixe. Na maioria das vezes, é fruto da falta de conhecimento do aquariofilista.

Portanto, quando esse produto estiver disponível no mercado, é preciso ter conhecimento de certas circunstâncias. Um dos fatores que deve-se levar em consideração é a qualidade da água. Se a água estiver fora dos parâmetros essenciais de pH e temperatura, ou conter substâncias tóxicas, como amônia, nitrito e nitrato, o peixe, pode, sim, desencadear ondas de estresse.

Por fim, é importante ressaltar também a questão do manejo, o qual deve ser o mais cuidadoso possível. A forma como se transporta o animal deve envolver muita cautela, calma e tranquilidade, pois a movimentação em excesso, certamente, desencadeará estresse no animal.

Fonte: Mi Peces

Imagens: YouTube, My aquarium, Daily Times

Cientistas ensinaram um peixe dourado a dirigir o seu aquário

Matéria anterior

Pesquisa mostra que animais podem rir

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos