Entretenimento

E se um mendigo cortar o cabelo? Um cabeleireiro fez esse teste

0

Um homem chamado Joshua Coombes, de 28 anos, trabalha para o salão de Jeff Goodwin em Queen Street, e arrumou uma atividade curiosa para fazer em sua horas vagas. Ele se inspirou em um esquema que viu na cidade de Nova York, quando fazia uma caminhada e flagrou uma pessoa fazendo cortes de cabelo em moradores de rua e pensou que poderia fazer o mesmo.

Ele começou a prestar serviço como caridade, fazendo 2 cortes por noite quando acabava o seu horário de expediente. Josh, juntamente com seu amigo fotógrafo Matt Spracklen, fazem o serviço gratuito e dizem que além do objetivo ser ajudar as pessoas com necessidades, eles também querem criar uma consciência entre as pessoas e oferecer interação humana, ao invés de ajudar com alimentos e roupas. Não que essa ideia seja ruim, mas ele quer mostrar que você pode sim ajudar o próximo, basta querer.

joshua-coombes17

Josh ainda declara que adora fazer o trabalho, ajudar o próximo, pois além de fazer o que gosta, ele ainda está ajudando pessoas que realmente precisam. Ele declara que: “Dar cortes de cabelo é uma coisa tão pequena, é ir até alguém e ter um bate-papo cortando cabelos, e eles realmente apreciam o gesto.”

Ele ainda diz que: “Para mim, trata-se de dar algo de volta e de sensibilização para os sem-teto e ao fazê-lo na rua, eu quebro a generalização e até agora tem sido uma boa resposta. Eu comecei a unir as pessoas.”

tumblr_nyce8zaPEl1rbf5cro2_1280

Ele é cabeleireiro a quatro anos e nos últimos seis meses ele é voluntário, desistindo do seus dias de folga da semana, para oferecer serviços de graça para pessoas que realmente precisam. Ele começou o serviço fazendo 2 cortes por dia, como já foi citado, e hoje ele chega a fazer 7 cortes de cabelos, o que é considerado um número grande de cortes por noite.

61

Josh espera que suas ações ajudem a fazer a diferença e influenciem as pessoas a fazer a mesma coisa, e diz o seguinte: “Hoje nós fizemos sete cortes de cabelo, as pessoas muitas vezes passam e antes que você perceba já tem uma fila grande com pessoas que precisam cortar o cabelo.”

Gostaram da ação do cabeleireiro? Acham que todo mundo deveria fazer um gesto desse? Comenta aqui pra gente!

Ache o panda da ilustração e seja considerado melhor do que 50% das pessoas que fazem esse teste

Matéria anterior

9 momentos de quando o CQC ainda era bom

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos