Curiosidades

Entenda como esse cão ganhou um diploma em universidade nos EUA

0

As limitações de Brittany Hawley, americana de 25 anos, não a impediram de seguir com sua vida. Estudar, trabalhar e sair como qualquer pessoa. Ela é portadora de uma doença que a deixa com dores crônicas e dependente de uma cadeira de rodas. Para conseguir fazer as atividades e tarefas da rotina, conta com a ajuda de um grande companheiro. O cão Griffin.

Ele a ajuda abrir portas, acender luzes , pegar objetos guiado por um laser, além de dar carinho e acompanhá-la em tudo. Recentemente, ela terminou o mestrado em terapia ocupacional na Universidade Clarkson. Na solenidade de formatura, o cão ganhou seu próprio “diploma canino”. O conselho de administração da universidade reconheceu o esforço extraordinário e o compromisso firme para o bem-estar e sucesso da dona.

Diploma honorário

O golden retriever de 4 anos de idade, acompanhou fielmente a dona em todas as aulas do curso. Do primeiro ao último dia de aula. Ajudou a dona também no estágio. Hawley trabalhou no tratamento de soldados com deficiências de mobilidade e distúrbios psicossociais. O cão sempre estava presente. Além de ajudar a jovem, chamava atenção de todos à sua volta.

Duas técnicas usadas para o tratamento incluíam Griffin.  Os pacientes escovavam o cão, o que pode melhorar a amplitude de movimento corporal. Também o acariciavam, o que ajuda a aliviar a ansiedade, um problema psicossocial. Os soldados consideraram os dois como seus terapeutas e não imaginavam vê-los separados.

O cão é verdadeiramente o melhor amigo de Hawley. Está com ela a todo momento e ajuda muito mais que várias pessoas ao redor da moça. O título pode não significar muito na Academia, mas sem dúvida mostra que outros valores e virtudes também podem ser reconhecidos e valorizados, mesmo que não venham de um ser humano.

E aí, o que achou do Griffin? Seu pet também merece um desses? Comenta aí!

7 truques do Youtube que você não sabia que existiam

Matéria anterior

Crocodilos que vivem nessa caverna surpreendentemente estão evoluindo

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.