• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Entenda como uma orelha 'cresceu' no antebraço deste soldado

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      11/05/18 às 13h50

Ao olhar para a orelha esquerda de Shamika Burrage, não percebemos logo de cara que existe algo estranho. No entanto, ao observar de forma um pouco mais atenta, percebemos que há uma certa diferença para qualquer outra orelha comum. Assim como a presente no lado direito, possui as células do homem e está ligada à sua cabeça através de seus vasos sanguíneos. Mas há um detalhe realmente impressionante. Até poucos dias atrás, a orelha esquerda do homem estava implantada em seu antebraço.

Parece loucura? Pode até ser que sim, mas foi o que realmente aconteceu. Burrage, que é soldado do exército, acabou perdendo o membro após sofrer um grave acidente de carro no Texas, em 2016. Enquanto todos acreditavam que não havia mais jeito, a medicina surpreendeu. Os médicos  o informaram que havia um procedimento que poderia ajudá-lo a recuperar o membro perdido.

Cirurgia

Enquanto não entendia muito bem sobre o que se tratava, os médicos responsáveis pelo caso explicaram que ele poderia se beneficiar de uma reconstrução cosmética. Conhecida como Retalho Livre Radial do Antebraço, a cirurgia consiste no "crescimento" de um novo tecido sobre uma cartilagem do paciente... Implantada sob a pele de seu antebraço. Alguns civis j[a haviam passado pelo procedimento e obtido sucesso. No entanto, de acordo com o Exército dos EUA, Burrage é o primeiro soldado norte americano a passar por isso.

Segundo o tenente-coronel Owen Johnson III, chefe do setor de plásticas e cirurgias reconstrutivas do hospital: "O objetivo é que, quando a orelha terminar sua recuperação, fique bem. Seria sensato que daqui a cinco anos, se alguém não a conhecer, não perceberá a diferença. Como um jovem soldado na ativa, merece a melhor reconstrução que conseguir".

Mas afinal, como funciona essa tal cirurgia?

Certo, já entendemos que uma parte da cartilagem do paciente é implantada sob seu antebraço. Mas no que isso poderia ajudar o membro a "crescer" novamente? Bem, antes de tudo os médicos criam o molde de uma orelha protética, feita a partir de uma pequena cartilagem, que pode ser retirada até mesmo das costelas do paciente. Em seguida, ela é moldada para atingir formas mais próximas da realidade, e então... É inserida por baixo da pele.

A partir do fato de que a cartilagem possui as mesmas células que os tecidos do antebraço da pessoa, pele começará a crescer ao redor do molde. Novos vasos sanguíneos são formados e dentro de alguns meses, a orelha poderá ser transplantada para a cabeça do paciente, funcionando normalmente. Segundo Johnson: "Ela terá artérias frescas, veias frescas e até mesmo um nervo fresco para que possa sentir toques". E felizmente, o soldado conseguirá inclusive, voltar a escutar. Isso porque os médicos conseguiram reabrir seu canal auditivo.

Segundo Burrage: "Eu não perdi minha audição após reabrirem o canal. Tem sido um longo processo para tudo, mas estou de volta". A técnica vem sendo cada vez mais difundida, abrindo caminhos para que a medicina consiga recuperar outros membros perdidos em acidentes.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+