• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Essa explosão estelar deixou cientistas impressionados

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      03/09/18 às 14h17

A explosão estelar é uma das constantes do universo. As estrelas não são infinitas, e como tudo o que existe, chegam ao fim. É muito complicado para os astrólogos conseguirem captar essas explosões estelares. Pesquise uma foto dessas explosões no Google, e você ficará fascinado com a beleza. Beleza advinda do caos. O momento em que algumas estrelas explodem é chamado de Supernova. O brilho desse acontecimento pode a tornar a estrela tão brilhante quanto uma galáxia inteira. Porém, essa luz também é finita, e não costuma durar muito tempo.

Esse evento é raro aos olhos humanos. Nós raramente capturamos esses instantes. Esse é um dos principais motivos pelo qual a Eta Carinae é tão importante para os cientista do mundo. Na constelação de Carina, uma estrela chamada de Eta Carinae, que está a 7.500 anos-luz de distância, está se aproximando do ponto em que explodirá como supernova.

Eta Carinae

A Eta Carinae ficou famosa ainda no século 19, quando brilhou fortemente no céu. Nesse momento ela foi a segunda mais brilhante, superando a estrela Sirius. Ela brilhou, e brilha, fortemente devido a sua explosão que acabou levando a uma imensa nuvem de poeira. Essa poeira acaba viajando a 2 milhões de quilômetros por hora pela galáxia, chegando numa proporção 500 vezes maior do que o sistema solar.

A equipe de astrônomos liderada por Nathan Smith, da Universidade do Arizona, e Armin Rest, do Instituto de Ciência do Telescópio Espacial, nos EUA, estudam esse importante evento. Eles têm determinado a extensão dessa explosão nos últimos sete anos. Eles observam os ecos de luz causados pela explosão, vistos devido a massa expelida pela estrela, que vem em uma quantidade incrível, e pela poeira que ela causou. Apesar de estar sendo observada agora, é bom lembrar que a luz refletida chega com atraso devido a velocidade da luz. Tudo isso que a equipe está capturando, aconteceu há algumas centenas de anos atrás.

O expelimento de massa, descrito no paragrafo anterior, devido a explosão, elevou Eta Carinae a segunda estrela mais brilhante visível no céu noturno. Ela consegue superar por completo a luz de todas as outras estrelas da Via Láctea.

Por que os cientistas estão impressionados?

É importante para a astrologia estudar tudo possível sobre as estrelas, pois essa é uma das áreas mais difíceis de se explorar dentro da disciplina. Capturar a explosão de uma estrela cheia de massa é estatisticamente improvável. É por isso que o caso da Eta Carinae é tão importante. Além disso, ela traz uma quantidade incrível de mistérios que os cientistas ainda estão tentando desvendar.

Eta Carinae é uma estrela instável, conhecida como "variável luminosa azul", localizada a cerca de 7.500 anos-luz. É uma das mais brilhantes da nossa galáxia. Para você ter dimensão, ela é cerca de cinco milhões de vezes mais luminosa do que o sol, com uma massa de, por volta, cem vezes maior. Também tem a maior taxa de perda de massa conhecida antes de passar por uma explosão de supernova,.

E aí, curte astrologia? Já conhecia a Eta Carinae? Comenta com a gente e compartilha essa notícia nas suas redes sociais.

Próxima Matéria
Via   H  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+