Ciência e Tecnologia

Essas são as 5 coisas que vão destruir a humanidade segundo Stephen Hawking

0

O fim do mundo tem sido motivo de fascínio das pessoas há anos, com diferentes profecias vislumbrando o apocalipse, filmes que apresentam a destruição do nosso planeta ou universos de ficção pós-apocalípticos que criam um mundo completamente novo em cenários de destruição. Ao longo de anos consumindo esses produtos, é quase possível afirmar que já vimos todas as maneiras imagináveis que podem colocar um fim à Terra. As histórias, porém, não ficam só na imaginação dos autores de ficção.

Nos últimos anos, Stephen Hawking tem buscado alertar a humanidade em relação à sua própria destruição. Seus contínuos avisos sobre o desenvolvimento da inteligência artificial e os riscos que essa evolução pode representar assustam. Além da preocupação com as máquinas, o cientista também já deixou claro que os próprios humanos são uma ameaça ao futuro da espécie no planeta.

As previsões do Hawking para o futuro da humanidade, apesar de não serem tão fantasiosas quanto as apresentadas nas produções de Hollywood, são ainda mais assustadoras, já que contadas por um cientista consagrado.

1 – Aquecimento Global

1

Hawking tem discursado sobre o aquecimento global e os efeitos das mudanças climáticas no nosso planeta por cerca de uma década, então não seria inesperado perceber que ele acredita na real ameaça disso para os humanos. No documentário A Última Hora – criado, produzido e narrado por Leonardo DiCaprio -, o cientista descreve um futuro em que a temperatura da Terra atinge níveis insustentáveis para a vida.

“Uma das mais graves consequências de nossas ações é o aquecimento global. O perigo no aumento de temperaturas pode se tornar insustentável se não fizermos algo a respeito. Nós não sabemos quando esse aquecimento irá parar. No pior cenário possível, a Terra vai ter um futuro semelhante a Vênus, com temperaturas de 250ºC e chuvas de ácido sulfúrico. Nessas condições, a humanidade não poderia sobreviver.”

2 – Guerra Nuclear

EHC0JJ Danger of nuclear war illustration with multiple explosions

A tendência natural da humanidade para a agressão, aliada aos avanços tecnológicos que fizeram as armas nucleares possíveis são motivo de muita preocupação, segundo Stephen Hawking. O cientista tocou no assunto durante uma palestra para estudantes universitários, em 2015.

“A falha humana que eu mais gostaria de corrigir é a agressão. Ela pode ter representado uma vantagem de sobrevivência nos dias de homens das cavernas, para conquistar mais comida, terra ou parceiros de reprodução. Mas hoje em dia, ameaça destruir a todos nós. Uma grande guerra nuclear representaria o fim da civilização e, talvez, o fim da raça humana.”

3 – Inteligência Artificial

3

Em 2014, Stephen Hawking chocou vários representantes da indústria de tecnologia quando comentou, em entrevista à BBC, sobre sua preocupação com os esforços para desenvolver inteligência artificial. Segundo ele, o avanço da tecnologia poderia ter consequências desastrosas.

“O desenvolvimento da inteligência artificial plena poderia causar o fim da raça humana. Ela se tornaria independente e se redesenharia com uma velocidade impressionante. Os humanos, que têm o avanço limitado pela evolução biológica, não poderiam competir com o avanço das máquinas e seriam subjugados ou destruídos.”

4 – Vírus Geneticamente Modificados

4

O desenvolvimento de vírus criados ou modificados geneticamente em laboratórios também já foi motivo de alerta por parte de Stephen Hawking. O cientista defende que eles possuem o potencial de exterminar grupos extensos de pessoas. Manipular genes como forma de tentar solucionar mistérios da medicina pode acabar causando a produção de variedades resistentes aos antibióticos.

5 – Vida Extraterrestre

5

Hawking também tem feito alertas assustadores sobre os alienígenas nos últimas anos. Em 2010, o cientista declaro que se seres extraterrestres fizeram contato, eles certamente não serão amigáveis com os humanos. Civilizações avançadas fora da Terra podem se tornar nômades, buscando conquistar e colonizar outros planetas.

“Se os aliens algum dia nos visitarem, acredito que o resultado será semelhante à chega de Cristóvão Colombo na América, o que não acabou sendo muito bom para vários nativos que viviam ali.”

Apesar das visões pessimistas, Hawking não acredita que isso possa acontecer num futuro imediato, mas devemos ser extremamente cautelosos ao menos durante os próximos cem anos. Depois disso, o cientista acredita que os avanços tecnológicos irão permitir a vida em colônias espaciais, o que colocaria fim à dependência dos recursos da Terra.

7 sinais de que você encontrou o homem certo

Matéria anterior

A história inspiradora da afegã que se fingiu de homem para conseguir estudar

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos