Essas são as plantas mais venenosas do mundo e é assim que elas podem te matar

POR Gustavo Camargo    EM Natureza      11/10/17 às 18h57

A ingestão ou o simples contato com algumas plantas pode causa sintomas sérios de intoxicação. Claro, existem plantas medicinais que são tóxicas se ingeridas em excesso, uma delas é a erva-de-santa-maria. É muito importante informar que um dos principais fatores que determina o quão venenosa uma planta é, depende da composição do solo onde ela cresce.

Naquele mundão lá fora, existem certos tipos de plantas que são tóxicas para determinadas espécies de animais. Um bom exemplo disso é a erva-de-rato, uma planta tóxica para bovinos que crescem espontaneamente e pastos. Bom, nós da Fatos Desconhecidos trouxemos para nossos leitores as plantas mais venenosas do mundo. Confira:

1 - Abundância (Ageratina adenophora)

A Ageratina adenophora é uma planta nativa da América do Norte e é extremamente venenosa. Suas flores são brancas, e depois da floração, suas sementes se espalham com o vento. Elas possuem uma alta porcentagem da toxina Tremetol, que é conhecida por matar seres humanos de uma forma indireta. Quando a planta é consumida pelo gado, a toxina é absorvida em seu leite e na carne. Quando uma pessoa come esses alimentos contaminados, a toxina entra no corpo e se torna a chamada "doença do leite", que é altamente fatal.

2 - Erva-de-São-Cristóvão (Actaea pachypoda)

Essa planta é nativa do leste e norte da América do Norte, seu veneno se encontra no fruto de um centímetro de diâmetro, que lembra muito um olho. Mesmo que toda a planta seja tóxica para quem consome, a parte mais venenosa é o fruto. Essa planta já foi a responsável por tirar uma série de vidas de crianças, já que possui um gosto doce.

3 - Trompeta de anjo (gênero Datura)

Essa planta também é chamada de lírio, devido a sua semelhança. Ela é nativa das regiões tropicais da América do Sul. A planta, algumas vezes, é transformada em chá ingerida como uma droga alucinógena.

4 - Nuz-vômica (Strychnos nux-vomica)

A árvore Estricninca é nativa da Índia e sudeste asiático. As pequenas sementes presentes dentro do fruto que se assemelha bastante a uma laranja são altamente tóxicas, com alcalóides venenosos. Basta apenas 30 miligramas dessa toxina é o suficiente para matar uma pessoa adulta.

5 - Teixo (Taxus baccata)

Essa árvore é nativa da Europa, norte da África e sudoeste asiático. Ela possui sementes dentro de sua baga (fruto carnudo) vermelha. Essa é a única parte do fruto que não é tóxica e permite que as aves a comam. Para ser fatal a um ser humano é preciso uma dose de 50 gramas. Os sintomas incluem dificuldade respiratória, tremores musculares, convulsões, colapso e, finalmente, parada cardíaca.

6 - Cicuta (Cicuta maculata)

Cicuta é um grupo de plantas venenosas nativas às regiões temperadas do hemisfério norte. As plantas têm pequenas flores brancas ou verdes. É considera a planta mais venenosa da América do Norte. Contém uma toxina que provoca convulsões. O veneno é encontrado em todas as partes da planta, mas é mais concentrado nas raízes, que por sua vez são mais potentes na primavera.

7 - Erva de lobo (Aconitum lycoctonum)

O nome dessa planta se deve ao uso antigo para matar lobos. Essas plantas perenes são nativas de regiões montanhosas do hemisfério norte. Contêm grandes quantidades de veneno que costumava ser usada pelo povo Ainu do Japão como veneno para a caça nas pontas de suas flechas.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Gustavo Camargo
Gustavo Camargo, 18 anos, Goiano, Publicitário, Homão da Porra. Fascinado por League of Legends, Hearthstone, Lúcifer (série) e Literatura.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+