• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Essas são todas as previsões da ciência para o fim do mundo

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      14/09/18 às 14h59

Já tiveram muitos videntes prevendo o fim do mundo. Mas como nós estamos aqui até hoje, somos prova de que todos eles estavam errados. Por algum motivo as pessoas inventam teorias de que o mundo irá acabar, mas afinal o que a ciência diz sobre isso? O que os estudiosos falam sobre o que possivelmente poderá acabar com a Terra ou mesmo com a vida terrestre?

Explicações religiosas é que não faltam. A Fatos Desconhecido resolveu trazer para vocês ideias de pessoas que citaram possíveis datas e motivos que poderiam fazer com que o nosso mundo acabasse. São cientistas com embasamento que tem muito mais crédito do que videntes e teorias aleatórias.

2600 - Stephen Hawking

Dias antes de morrer, Stephen Hawking citou uma teoria para o fim do universo. Para ele, tudo vai virar escuridão quando as estrelas ficarem sem energia. Mas a Terra será extinta bem antes disso, por volta de 2600. No ano de 2017, ele afirmou em uma conferência em Pequim que o excesso de pessoas e consumo de energia vão fazer com que o nosso mundo se transforme em uma imensa bola de fogo.

2060 - Isaac Newton

Isaac Newton disse, em 1704, que usou alguns cálculos para prever que o planeta Terra poderá acabar em 2060, um ano que muitos de nós ainda estaremos vivos. Porém, em vez de estudar a fundo a sua previsão, ele se embasou em profecias bíblicas. Será que vamos presenciar o fim do mundo em 2060, como previu Isaac Newton?

2040 - Programa de computador da Massachusetts Institute of Technology

Um programa de computador desenvolvido no Massachusetts Institute of Technology, feito por Jay Forrester (um dos pioneiros da computação), afirmou que nós teremos um fim mais breve. Essa teoria diz que a nossa civilização vai entrar em colapso em 2040 e usou um modelo de sustentabilidade para estudar o crescimento populacional e os níveis de poluição até chegar ao ano do apocalipse.

Daqui 2 minutos - Cientistas da Universidade de Chicago

Calma, não estamos falando literalmente que o mundo acabará daqui dois minutos. Estamos nos referindo ao Relógio do Juízo Final. Essa ideia foi criada por cientistas da Universidade de Chicago em 1947. O relógio mostra o quão próximos estamos da destruição por um guerra nuclear. Nesse relógio, meia-noite representa o nosso fim, e o tempo é adiantado ou atrasado conforme a humanidade faz avanços.

No começo de 2018, depois que Donald Trump tomou posse da presidência dos EUA, o relógio foi adiantado em 30 segundos, avançando dois minutos para a meia-noite. Esse foi o mais próximo que já esteve desde o ano de 1953, quando houve o teste de termonucleares dos EUA e União Soviética.

Mas e você, acha que algumas dessas previsões científicas podem ser verdadeiras? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+