icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Esse é o motivo pelo qual você JAMAIS deve ferver a mesma água mais de uma vez

POR PH Mota EM Curiosidades 20/10/16 às 15h34

capa do post Esse é o motivo pelo qual você JAMAIS deve ferver a mesma água mais de uma vez

Na hora de ferver a água para preparar chá e cozinhar ou na tentativa de eliminar as impurezas e utilizá-las para outras funções, nem sempre usamos todo o líquido ou jogamos o restante não utilizado fora. Em alguns casos a água fervida é guardada para evitar o desperdício antes de ser fervida numa outra oportunidade. Em outros, o resfriamento da água fervida pode nos fazer voltar a fervê-la novamente.

Apesar da água fervida estar associada ao líquido limpo e livre de impurezas, não é recomendado que ela seja fervida várias vezes ou por muito tempo. De acordo com alguns estudos, ferver o líquido em excesso pode causar sérios problemas de saúde. É aqui que as coisa começam a ficar perigosas par quem consome o líquido.

Se você estiver utilizando água destilada pura, não existe problema no processo de fervimento e você está livre de ameaças. Porém, se está fervendo água comum, os riscos começam aparecer. A bebida não destilada contém gases e mineiras que, quando fervidos por muito tempo - ou mais de uma vez - provocam alterações na composição química do líquido de uma forma negativa.

Quando a água começa a ferver, ao alcançar 100º C, também sofre uma mudança na textura. Quando isso acontece, alguns dos ingredientes evaporam e gases se dissolvem na bebida. É por causa disso que bactérias são mortas no processo e a água impura se torna própria para o consumo, por exemplo.

Porém, quando a água é fervida por mais de uma vez, substâncias tóxicas se acumulam, ao invés de serem liberadas, aumentando os riscos de consumo desses componentes químicos. As substâncias prejudiciais geralmente incluem arsênio, nitratos e flúor. Por mais que a água fervida pareça livre de impurezas, a concentração de substâncias pode aumentar o risco de contrair alguns problemas, segundo a PhD em química, Anne Marie Helmenstine.

Por exemplo, quantidades excessivas de nitrato estão ligadas a alguns tipos de câncer. Exposição ao arsênio pode produzir alguns sintomas de intoxicação e também está conectado a alguns tipos de câncer. Mesmo minerais saudáveis a princípio podem se tornar malignos quando acumulados em nosso corpo. O cálcio, frequentemente encontrado na água mineral, pode levar a problemas como pedras nos rins e artrite, quando consumido em excesso.

O risco, no entanto, pode ser reduzido com algumas estratégias. Se você utiliza um bule para ferver a água pela primeira vez, pode se arriscar a fervê-la novamente se colocar uma nova quantidade de água, para repor parte do líquido evaporado. Dessa forma, você evita o baixo volume de água e o acúmulo de substâncias que podem lhe causar dano. Ainda que escolha aceitar o risco, não é recomendado ferver mais de uma vez, ainda menos mais de duas como prática frequente.

Em casos de pessoas com riscos de saúde ou mulheres grávidas, é extremamente recomendável que o processo não seja utilizado, para evitar ao máximo o risco de concentração de acúmulo das substâncias.


Próxima Matéria
Via   About     Why don't you try this  
Imagens Studeri Mashew
avatar PH Mota
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest