Curiosidades

Estudo mostra que aldeias antigas da Amazônia se organizavam como o cosmos

0

A Amazônia é uma floresta que cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul. O local é considerado o maior bioma brasileiro, e possui um território que corresponde a 4.196.943 milhões de quilômetros quadrados. Além disso, a floresta Amazônica abrange nove países: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname.

A floresta ainda esconde vários segredos. E tem muito o que ser revelado. Como por exemplo, esses bilhões de lasers que foram disparados de um helicóptero, que estava sobrevoando a floresta e fez uma descoberta. Ele detectou uma grande rede de aldeias circulares e retangulares abandonadas há tempos. Elas datam de 1300 a 17000.

Estudo

De acordo com o novo estudo, as aldeias redondas tinham layouts bem parecidos. Elas tinham montes alongados circulando em uma praça central, como as horas em um relógio. “Esses últimos montes alongados, quando vistos de cima, se parecem com os raios do sol”, escreveram os pesquisadores.

Essa nova descoberta é parte de um novo foco arqueológico na Amazônia pré-colombiana. Até porque, nos últimos 20 anos, os pesquisadores descobriram que a borda sul da floresta tropical tinha uma grande diversidade de culturas esculpidoras de solo. E elas projetavam a paisagem antes da chegada dos europeus.

Os cientistas descobriram, nas últimas décadas, o que restou das chamadas “aldeias do monte”. Elas são aldeias montadas como círculos ou retângulos e conectadas por redes de estradas.

Entretanto, os arqueólogos ainda não tinham procurado aldeias de monte no estado do Acre. Por conta disso, um grupo internacional de pesquisadores se juntou para fazer o levantamento da área. Eles fizeram isso usando o Lidar, sigla em inglês para uma tecnologia de detecção de luz a alcance.

Aldeias

Através dessa técnica, bilhões de lasers são disparados de cima, nesse caso específico de um helicóptero, e penetram na floresta tropical para mapear a paisagem embaixo.

De acordo com os pesquisadores, a análise feita pelo Lidar, junto com dados de satélite, mostrou 25 aldeias circulares e 11 aldeias retangulares bem notáveis. E outras 15 aldeias de monte estavam tão mal preservadas que não puderam ser categorizadas nem como sendo circulares e nem retangulares.

As aldeias circulares tinham um diâmetro médio de 86 metros. Já as retangulares tendiam a ser menores, tendo um comprimento médio de 45 metros.

E as análises mais aprofundadas dessas aldeias “sol” mostraram que elas tinham estradas que foram planejadas cuidadosamente. Cada uma das aldeias circulares tinha duas estradas principais, que eram largas e profundas, e estradas menores que iam até os córregos próximos.

A maior parte dessas aldeias estava perto umas das outras. Com apenas 4,4 quilômetros de distância. E as estradas principais, geralmente, conectavam uma aldeia à outra. Segundo os pesquisadores, isso criava uma grande rede comunitária na floresta tropical.

Além do mais, a maneira como os índios organizavam essas aldeias sugere que eles tinham modelos sociais específicos, para a maneira como arranjavam suas comunidades. Os pesquisadores dizem que é possível que a configuração usada tenha sido feita para representar o cosmos.

Formato

Contudo, os pesquisadores também apontam que o sistema rodoviário não é uma surpresa para os arqueólogos amazônicos.

“Os primeiros relatos históricos atestam a onipresença das redes rodoviárias em toda a Amazônia. Eles são mencionados desde o relato do século XVI do missionário dominicano espanhol Frei Gaspar de Carvajal, que observou estradas largas que levam das aldeias ribeirinhas ao interior. Mais tarde, no século XVIII, o coronel Antonio Pires de Campos, descreveu uma vasta população habitando a região, com aldeias conectadas por estradas retas e largas que eram constantemente mantidas limpas”, explicaram os pesquisadores.

Contudo, ainda é sabido pouco sobre a cultura dos habitantes dessas aldeias. E as pesquisas preliminares sugerem que as cerâmicas dessa cultura eram mais “cruas” do que as da cultura anterior a eles conhecida como geoglifos.

10 comentários mais épicos da Fatos Desconhecidos #108

Matéria anterior

O que aconteceu com o elenco de O Grinch?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.