• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Grupo de alunos cria projeto para ajudar colega que estava passando fome dentro de casa

POR Bruno Destéfano    EM Compartilhando coisa boa      08/04/19 às 18h25

É difícil de imaginar uma realidade onde o almoço no colégio é uma das poucas refeições que se faz ao longo do dia. Para Matheus (conhecido como Teco), de 18 anos, passar fome tornara-se corriqueiro e o ambiente escolar acabou sendo a sua salvação. No entanto, a situação passou por uma reviravolta quando os funcionários pararam de fornecer a refeição no horário do almoço, com exceção do lanche, que manteve-se preservado. Os alunos da mesma escola, em Salvador, ficaram sabendo das condições precárias do jovem Matheus e se uniram em busca de um objetivo em comum. A partir desse objetivo se desenvolveu em um projeto para ajudar colega que estava passando fome dentro de casa.

O grupo de 46 estudantes do 3º ano comprou dezenas de alimentos e produtos de higiene para Teco, que chorou quando se aproximou da mesa da sala de aula com as diversas doações. Assim como uma corrente do bem, essa ação foi só a primeira de muitas! O perfil @todosporteco, no Instagram, foi criado para ajudar Matheus e toda a sua família ao menos uma vez por mês. Em questão de dias, o perfil já garantiu mais de 27 mil seguidores.

A partir daí, pessoas de várias partes do país começaram a se manifestar prontamente no sentido de auxiliar Teco. Os alunos garantiram dois locais para receber as doações, tanto de alimentos, quanto de itens de higiene. Além disso, eles também foram os criadores de uma campanha no site vakinha para quitar uma dívida de mais de 7 mil reais que a família do jovem possui. Dessa maneira, o projeto para ajudar colega que estava passando fome dentro de casa atingiu novos patamares.

Conheça o Teco

Matheus tem 18 anos de idade e mora no bairro de Cajazeiras, em Salvador. Sua mãe cuida dele e de mais dois irmãos desde que uma tragédia aconteceu com o pai da família. Segundo o próprio jovem conta em vídeo publicado no perfil @todosporteco, "a mãe acabou fazendo o papel de pai também".

Teco conta que sempre foi difícil ter que brigar com os irmãos por causa de itens básicos como sabonete ou de roupas e se sente muito feliz com a iniciativa dos seus colegas de escola. "Eu fiquei muito feliz com o ato nobre e gentil da parte deles", afirma em vídeo.

Novos rumos

As doações para Matheus e sua família se tornaram apenas o pontapé inicial do projeto. Segundo informações do perfil @todosporteco, devido ao grande número de ajuda, a ideia é expandir os horizontes para toda a comunidade da qual o Teco pertence (bairro de Cajazeiras). O projeto para ajudar colega que estava passando fome dentro de casa alcançou mais do que se esperava e a ideia é continuar quebrando barreiras.

Os alunos responsáveis pela ideia estão postando fotos de todas as doações no sentido de dar retorno aos contribuintes. "Nós postaremos fotos para dar o retorno desse gesto lindo a vocês", postaram no perfil.

Endereços para as doações (Salvador/BA)

Caso nossos leitores também se interessem, o perfil responsável pela iniciativa disponibilizou locais onde é possível encaminhar ou enviar doações. Seguem abaixo. Lembre-se, sempre é bom ajudar ao próximo. O retorno é garantido.

_Rua Alípio França, LJ 1, Brotas, Salvador (BA).

É um petshop próximo à antiga "Farmácia Santana".

_Rótula da Feirinha, Fazenda Grande I, Quadra A, Cam. 13, nº. 2.

Ao lado da Drogaria São Paulo, na rua atrás da rótula. Bem em frente.

Horário para receber as doações: de 8h às 18h.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+