Curiosidades

Lágrimas azuis nos mares da China são incrivelmente tóxicas, entenda

0

Os enigmas da natureza continuam nos deslumbrando a cada dia que passa. Mesmo sem entender os detalhes, somos hipnotizados pelas suas forças incríveis. Um desses fenômenos acontece ao redor das ilhas de Matsu/Taiwan.  Nas noites de verão, as águas do ambiente circuncidante lançam um brilho azul misterioso. As “lágrimas azuis” da China são causadas por uma floração de pequenas criaturas bioluminescentes chamadas dinoflagelados. Turistas de toda a China perambulam pela paisagem marinha cintilante. Entretanto, as substâncias naturais são incrivelmente tóxicas e estão crescendo a cada ano, segundo um estudo recente. “As pessoas acham que isso é romântico e bonito de se ver à noite”, disse Chanmin Hu, oceanógrafo da Universidade do Sul da Flórida e coautor do estudo, ao Live Science, “Mas é tóxico”.

Hu e sua equipe de pesquisadores usaram dados de satélite para rastrear o tamanho da flor ao longo do tempo. Analisando quase 1.000 imagens de satélite dos últimos 19 anos, os pesquisadores conseguiram identificar uma marca singular das lágrimas azuis. Seriam os “comprimentos de onda” refletidos por essa criatura em particular, mas não por outras. “É como uma impressão digital”, disse Hu. Usando-a, eles descobriram que a flor, que é tipicamente vista perto da costa, está estendendo seu alcance para águas mais profundas. Consequentemente, isso se torna um problema para as criaturas marinhas.

Veneno

O fenômeno das lágrimas azuis pode envenenar a vida oceânica, desde peixes às tartarugas marinhas. A flor pode até deixar os humanos doentes, disse Hu. Os dinoflagelados só se tornam tóxicos quando estão comendo abundantemente. As algas tóxicas são a sua comida preferida e, à medida que comem, liberam amônia e outras substâncias químicas que envenenam a água ao seu redor. Não apenas isso, mas essas criaturas respiram oxigênio até não restar nada nas águas circundantes. “O oxigênio na água é tão baixo que muitos animais podem morrer”, disse Hu.

A causa das lágrimas azuis não é definida, mas Hu e seus colegas acreditam que a poluição da agricultura que afunila o rio Yangtze desempenha um papel importante. O rio despeja fertilizantes no Mar da China Oriental, dando doses maciças dos nutrientes para os dinoflagelados.

Crescimento gradativo e os perigos iminentes

Hu e seus colegas notaram que a quantidade destes compostos naturais fora particularmente reduzida durante a construção da polêmica Barragem das Três Gargantas, entre 2000 e 2003. Acontece que durante esses anos, o fluxo do rio Yangtze diminuiu de maneira acentuada. Em 2003, quando a construção da barragem foi concluída e o rio Yangtze começou a fluir novamente, Hu viu a floração começar a crescer mais uma vez.

Hu e seus colegas não esperam que a floração pare de crescer tão cedo. Isso significa que os dinoflagelados continuarão a representar uma ameaça à vida marinha, enquanto as águas permanecerão brilhando com mais intensidade.

Mas e você, o que acha disso tudo? Os perigos representados pelos dinoflagelados podem afetar de maneira profunda o que entendemos pela vida marinha? O que seria possível construir para reverter este quadro? Não esqueça de deixar o seu comentário com as impressões a respeito da temática.

Conheça Hélène Berr, a outra Anne Frank

Matéria anterior

7 formas simples de explicar coisas extremamente complicadas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos