Curiosidades

Menino da Cidade de Deus viraliza e entra para agência de modelos

0

A fotografia é uma das invenções mais extraordinárias da história da humanidade e revolucionou a sociedade a partir de meados do século XIX, assim como a cultura, a economia e as artes. As fotografias podem ser utilizadas para informar, recordar ou como uma expressão artística, além de terem o poder de mudar a realidade de alguém. Assim foi o caso desse menino.

A história da criança chamada Davi Gonçalves Augusto da Rocha Brito, de 11 anos, começou depois da sua foto feita em frente ao portão de uma ONG da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Menino

G1

Depois de o registro ser feito, o menino entrou para o time infantil de uma das maiores agências de modelo do Brasil, a 40° Models.

“Ele lembra a menina do Afeganistão, da National Geographic. Ele tem um estilo legal. Dá para ver que é um menino simples, com uma história difícil. Ainda é tímido. Ele ganhou uma bolsa para se preparar para fazer fotos e desfilar”, afirmou Sérgio Mattos, dono da agência.

O que o dono da agência, com mais de 33 anos de experiência no ramo, quis dizer é que o olhar do menino se parece com o olhar de Sharbat Gula, a menina que chamou atenção do mundo todo quando apareceu na publicação da National Geographic. Na foto, foi registrada a dificuldade dos afegãos que atravessavam a fronteira com o Paquistão fugindo da guerra.

Segundo Mattos, a beleza do menino Davi é “estonteante”. Por conta disso, ele acredita que o pequeno tem um grande futuro no mercado da moda. A opinião de Mattos é importante e quase certeira, visto que ele trabalhou com nomes como Cauã Reymond e Gisele Bündchen.

Foto

G1

Nesse ínterim, ele disse que poucas horas depois de postar a foto do menino no Instagram já recebeu propostas de trabalho para Davi. Contudo, Mattos ressalta que o menino deve ser preparado e tem que fazer algumas aulas antes de começar a trabalhar.

A foto que mudou a vida de Davi aconteceu porque ele chamou a atenção do presidente da ONG Nóiz Projeto Social, André Melo, ao aparecer no portão da ONG.

“A gente estava fazendo uma confraternização de fim de ano lá na ONG e ele apareceu na porta. Eu estava muito próximo do portão e vi o olho dele. Chamou muito a atenção a expressão. Quando eu abri, eu vi aquilo e fiz um clique”, relembrou Melo.

Sucesso

G1

Depois da foto feita, o sucesso do menino Davi foi quase imediato. Como resultado, ele recebeu sua primeira oportunidade ao ser chamado para ser modelo de uma marca de roupas infantis.

A mãe de Davi, Taiane Gonçalves, é uma das maiores apoiadoras do filho. Ela conta que os olhos do menino são uma herança do seu pai, que já faleceu.

“Quando ele nasceu, todo mundo falou: ‘Meu Deus! Moreno dos olhos verdes! A cara do pai’”, contou ela.

Atualmente, Davi está cursando o terceiro ano do ensino fundamental de uma escola municipal na Cidade de Deus e já voltou às aulas presenciais. A mãe do menino o define como tímido e de poucas palavras. O que pôde ser visto quando ele foi questionado sobre o que achava de ser modelo, logo ele respondeu apenas “legal”.

“Falam que ele é bonito e ele fica cheio de vergonha”, pontuou a mãe orgulhosa da carreira do seu filho.

Fonte: G1

Imagens: G1

Padrastos famosos que são “paizões” para os filhos postiços

Artigo anterior

MrBeast é o youtuber que mais ganhou dinheiro em 2021

Próximo artigo