• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Novo estudo confirma que é possível morrer de coração partido

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      23/01/19 às 15h29

Todos nós já nos decepcionamos com uma pessoa amada alguma vez. Um amigo, um familiar ou, o mais comum, um amor. A tristeza que nos invade faz mal, psicologicamente falando, e é capaz de até desenvolver uma depressão. Um coração partido pode causar mais problemas do que imaginamos. Um estudo publicado recentemente no periódico Circulation descobriu que um enfraquecimento do sistema imunológico humano é capaz de causar danos ao coração. A queda da imunidade costuma ser relacionada a um estresse extremo causado por choques emocionais súbitos, como o luto ou o término de um relacionamento.

Chamado de síndrome do coração partido ou síndrome de Takotsubo, esse mal ocorre após um estresse agudo fazer com que os músculos do coração parem de funcionar. Pesquisadores da Universidade de Aberdeen, na Escócia, usaram exames de ressonância magnética a fim de medir os níveis de inflamação no músculo cardíaco e no sangue. Foram feitos esses estudos em 55 pacientes com cardiomiopatia takotsubo aguda. Os resultados dos exames revelaram que os pacientes com takotsubo tinham níveis mais elevados de inflamação quando comparados aos voluntários saudáveis.

Essa tendência ainda estava presente pelo menos cinco meses após o evento causador. Ao contrário de um ataque cardíaco, essa síndrome não causa bloqueio das artérias que levam ao coração. Na verdade, o mal causa enfraquecimento nos músculos do coração, enquanto o ventrículo esquerdo incha em tamanho e forma, resultando assim em uma incapacidade de levar corretamente o sangue ao redor do corpo. Ainda não há tratamento para isso. A doença tem sintomas como falta de ar e dor no peito. Esses podem facilmente ser confundidos com um ataque cardíaco tradicional.

E aí, você sabia sobre essas coisas? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+