Ciência e Tecnologia

O que pode acontecer se você parar de limpar seus ouvidos?

0

A maioria das pessoas passa boa parte do dia utilizando a audição para interagir com outras pessoas e realizar algumas funções básicas no dia-a-dia. Para manter os ouvidos bem cuidados e com bom funcionamento, muita gente também mantém uma rotina de limpeza no local, para remover a cera.

A cera de ouvido, também chamada de cerume ou cerúmen, costuma ser o maior motivo para a limpeza feita nessa parte do corpo. Apesar disso, ela tem funções importantes no órgão, sendo uma delas manter a prória limpeza. Também serve para proteger os tímpanos de água e sujeira e manter o ouvido higienizado e saudável

Mesmo que tenha boas propriedades e funções no corpo humano, a cera segue sendo constantemente removida por meio de limpezas rotineiras no ouvido. O hábito de higiene tão comum e recorrente na vida de tantas pessoas, no entanto, pode não ser tão salvador como parece. Você sabe o que aconteceria se você parasse de limpar os ouvidos?

Cera

1

A cera de ouvido é produzida nos canais internos do órgão e é liberada para limpar o canal auditivo. Só depois de fazer a lubrificação na região, ela seca e fica na forma como a maioria das pessoas conhecem. O processo é regulado pelo próprio corpo, que também é capaz de expelir a cera de ouvido mesmo que não haja processo nenhum de limpeza por ali.

Muitas pessoas realizam a remoção da cera de ouvido com as melhores intenções, removendo a aparente sujeira e deixando os ouvidos limpos. No entanto, esses órgãos não precisam de limpeza. Na verdade, sem a cera os ouvidos podem ficar mais irritados, secos e, por isso, a produção de cera acaba sendo estimulada novamente.

Limpeza

2

Enfiar objetos dentro das orelhas na intenção de fazer uma limpeza pode, além de desnecessário, ser bem perigoso. Quando você utiliza as hastes flexíveis para tentar remover cera do ouvido, você está empurrando parte dela para os canais auditivos, onde elas não deveriam estar. O processo pode bloquear a audição e causar diversas complicações.

Se você acha que ao trocar os cotonetes por outros objetos – como grampos ou palitos – pode resolver o problema, está enganado. Qualquer coisa que você coloca dentro do ouvido pode estar levando fungos, bactérias e vírus para o órgão. Isso pode causar infecções ou mesmo feridas no canal auditivo, podendo levatar à perda de audição, por exemplo.

O que fazer?

3

Segundo o doutor Douglas Backous, do Instituto Sueco de Neurociência de Seattle, os ouvidos nunca devem ser limpados. Ao fazer isso você provoca irritações no ouvido e o deixa mais sujeito a coceiras e inflamações. O processo também gera um ciclo vicioso já que, irritado, o ouvido tentará produzir mais cera.

A limpeza dos ouvidos só é recomendada em casos clínicos, em que um otorrinolaringologista percebe que há acúmulo de cera. Nesses casos, o grande volume de cerume provoca dores de ouvido, perda de audição, coceira e até mau cheiro. A remoção da cera deve ser feita por um especialista.

8 dramas que as mulheres passam em nome da beleza e você não sabia

Matéria anterior

13 coisas inacreditáveis que você pode fazer com elásticos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos