Os 5 hackers mais perigosos do mundo

POR Lucas Franco    EM Ciência e Tecnologia      16/10/15 às 19h00

Filmes de ficção científica costumam ter uma visão bem abstrata do que os hackers são capazes de fazer. Desde abrir uma porta do outro lado do mundo até tomar o controle de cidades inteiras, eles são frequentemente retratados como pessoas com habilidades incríveis. As produções mais recentes, no entanto, colocam em foco o que eles realmente fazem. Como grandes empresas, organizações e serviços públicos dependem cada vez mais de sistemas de computadores e redes, eles estão se tornando cada vez mais vulneráveis a ataques.

Os hackers mais modernos são capazes de invadir sistemas extremamente protegidos, de forma a criar interferências que podem comprometer todo o funcionamento de uma rede - e as consequências disto podem ser gigantescas. Claro, façanhas mais tradicionais ainda são usadas, como roubar informações confidenciais ou dados de uma empresa para vender ou usar em atividades criminosas. Seja qual for a motivação, os hackers podem ser extremamente perigosos, como você confere abaixo:

5 - Gary McKinnon

1

Gary McKinnon era um administrador de sistemas desempregado quando começou a acessar redes militares dos Estados Unidos. O hacker apagou importantes arquivos do sistema operacional - o governo americano afirmou que McKinnon causou um prejuízo de centenas de milhares de dólares ao danificar sistemas de mísseis enquanto procurava por informações sobre energia livre e OVNIs. De acordo com as autoridades, este foi o maior ataque realizado na América por uma única pessoa. McKinnon foi extraditado para o Reino Unido após anos de processos.

4 - Kevin Mitnick

2

Um dos hackers mais famosos de todos os tempos, Kevin Mitnick foi o responsável por invadir uma vasta gama de sistemas e servidores durante vários anos. Só para começar, ele invadiu sistemas de empresas de telefonia a fim de copiar informações confidencias e alterar dados importantes nos servidores. Mitnick também conseguiu invadir contas de e-mail privadas para roubar senhas e foi até capaz de ler o conteúdo, tornando-se o hacker mais procurado pelo governo americano antes de ser preso em 1995. Vinte anos depois, Kevin trabalha em uma empresa de segurança, ajudando sites e empresas a bloquear tentativas hackers em seus sistemas.

3 - Vladmir Levin

3

Enquanto alguns hackers invadem sistemas militares ou do governo a fim de descobrir informações confidencias ou em forma de protesto, outros o fazem em benefício próprio. Foi exatamente o que fez Vladimir Levin em 1994, quando ele conseguiu acessar a rede Citibank e foi capaz de roubar mais de U$10 milhões. O hacker russo acabou sendo preso no Reino Unido e foi extraditado para os Estados Unidos, onde passou três anos na prisão. O banco só conseguiu recuperar U$400.000 dos fundos roubados. O que aconteceu com o resto do dinheiro ainda é um mistério.

2 - Owen Walker

4

Mais conhecido como AKILL, Owen Walker foi um hacker altamente qualificado que orquestrou ataques a uma série de sites e sistemas de computador ao longo de muitos anos. Ele foi o principal responsável pela criação do vírus Akbot, que lhe permitiu assumir o controle de milhões de computadores ao redor mundo a fim de usá-los para lançar ataques contra alvos específicos. Especialistas estimam que o prejuízo financeiro causado pelo vírus e seus hacks subsequentes foi de incríveis 26 milhões de dólares.

1 - Astra

5

Ainda que o nome real deste hacker nunca tenha sido divulgado oficialmente, a polícia grega acredita que ele seja um matemático de 58 anos de idade que vive em Atenas. O homem era procurado por vários crimes virtuais desde 2002, mas ficou em evidência em 2005, quando invadiu os sistemas da Dassault, uma companhia militar francês. Ele roubou informações confidencias sobre armas, aviões e outras tecnologias antes de vendê-las. Os promotores acreditam que o hacker causou cerca de U$360 milhões de dólares de danos a Dassault. Imagina se ele resolver atacar de novo? Quem seria o novo alvo?

Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+