Passaram dos limites: Confira aqui 7 desenhos animados que foram censurados em alguns países

POR Thamyris Fernandes    EM Curiosidades      02/10/14 às 15h06

Todo mundo sabe que, durante a ditadura brasileira, muita coisa foi proibida para a população, inclusive o contato com algumas publicações, filmes e peças de teatro, que eram censurados e proibidos pelo governo. Mas, ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, não é só nos regimes militares que esse tipo de coisa pode acontecer.

Muitos governos ao redor do mundo influenciam de todas as formas a vida dos cidadão e, quando cismam com alguma coisa, simplesmente dão um jeito de banir o "incômodo"de seus "domínios". O mais engraçado de tudo é que até desenhos animados já entraram nesse "hall" de proibições e, por esse motivo, deixaram de ser exibidos em algumas partes desse mundão. (Clique aqui para conferir algumas cenas polêmicas dos animes que as crianças não veem).

Conheça, na lista que preparamos abaixo, as animações que, pelos mais variados motivos, já foram banidas (ou quase) de alguns país:

1. Os Simpsons - "Blame It on Lisa"

Estereótipos do Brasil - alguns verdadeiros e muitos, ou a maioria, inventados - recheiam esse episódio da série de animação. Dentre as coisas mais absurdas que aparecem são as filas de conga, multidões de ratos correndo pelas ruas, mulheres peladas na televisão e pessoas jogando futebol em qualquer lugar.

Embora nosso país tenha fama de ser tolerante, isso irritou o Rio de Janeiro, cidade que é retratada no capítulo. O município chegou a ameaçar a FOX com um processo judicial.

2. Pernalonga - "All This And Rabbit Stew"

O coelho Pernalonga, que até hoje tem fama de malandro, também já teve sua fase racista. Isso aconteceu em meados da década de 1940, quando o personagem fazia piadas, praticamente, com todos os povos que não pertencessem à comunidade branca norte-americana. Em muitos episódios ele chegou a imitar negros rastejando e pedindo para não apanhar, tirou sarro de orientais, indígenas e esquimós.

3. "Canção do Sul" - Disney

O filme, que foi lançado em 1946, tinha os Estados Unidos como cenário e retratava a realidade do país após a Guerra Civil. Mas, ao invés de se tornar popular, o longa A Canção do Sul foi acusado de racismo. O problema foi tão expressivo que o filme, produzido pela Disney, nunca saiu em DVD nos EUA. Apesar disso, ele está disponível no YouTube:

4. Pokémon - "Electric Soldier Porygon"

Esse, com certeza, foi um dos episódios mais polêmicos até hoje, envolvendo animações. Ele não é mais transmitido na televisão por motivos de saúde, embora esteja disponível na internet, como você vai ver abaixo.

Dizem que na época em que foi veiculado no Japão, o capítulo levou mais de 700 crianças ao hospital, que haviam entrada em crise - com acessos de vômito e desmaios - devido a alguns poucos segundos de luzes piscando no desenho.

O vídeo, como dissemos, está disponível abaixo, mas as cores usadas podem causar convulsões. Portanto, cuidado se decidir assisti-lo:

5. South Park - "Bloody Mary"

Celebridades pop, morte, política e religiões variadas foram alguns dos muitos assuntos "intocáveis" que a série de animação já "violou" com sua crítica áspera. Apesar de sempre render polêmica, um episódio específico chegou a ser censurado em alguns país por mostrar uma estátua da Virgem Maria (da Igreja Católica) menstruando na cara do Papa.

6. Pernalonga, Presuntinho e Patolino - "One Beer"

Tiny Toon também tem um episódio super polêmico, que foi banido dos Estados Unidos. Nele, os personagens Pernalonga, Presuntinho e Patolino aparecem bêbados. Como se não bastasse, eles roubam um carro policial, batem o veículo e morrem. Conforme o pessoal responsável pelo desenho, o objetivo era ensinar os males do álcool, mas acabou não pegando bem...

7. Bob Esponja

Apesar de outros assuntos polêmicos terem surgido em torno da trama, o maior dos problemas da série parece ser a suposta orientação sexual de Bob Esponja. Na Ucrânia, por exemplo; no último mês de agosto, a Comissão Nacional de Proteção da Moralidade Pública entrou com um pedido para que o desenho seja proibido.

Conforme especialista, o país tem por tradição o autoritarismo e a homofobia é uma questão cultural em toda a ex-União Soviética. Dessa forma, é possível que o desenho seja realmente banido das TVs ucranianas.

Veja, abaixo, alguns fragmentos da animação que revelariam a homossexualidade dos personagens principais:

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+