Por que os ratos se tornaram os animais mais usados em laboratórios de pesquisas?

POR Gustavo Camargo    EM Curiosidades      31/07/17 às 17h54

Você sabe como é testado os medicamos que geralmente encontramos em farmácias? Bom, existem todo um processo até eles ficarem acessíveis, mas talvez um dos mais conhecidos por todos, seja que ratos sejam utilizados como cobaias para esses testes.

Segundo alguns estudos feitos no Departamento de Imunobiologia da Universidade Federal Fluminense (UFF), animais como os ratos, camundongos, hamsters são muito usados como cobaias, por sua fisiologia (conjunto de funções mecânicas, químicas e bioquímicas do corpo), serem muito parecida com a dos seres humanos. De acordo com alguns médicos, as pessoas e ratos possuem cerca de 30 mil genes, sendo apenas 300 genes que nos diferencias desses pequenos roedores.

Isso explica o do porque serem usados em experiências. Mas não é só por causa disso que fez esses animais serem uma escolha para a ciência. O período de gestação curto, de apenas 21 dias, faz com que os resultados das pesquisas possam ser verificados em uma velocidade muito maior. Sem contar também que os cuidados com esses animais de pequeno porte é muito menor, pois ocupam menos espaço, se adaptam a novos ambientes com facilidade e tendem a ser mais calmos e dóceis do que outras espécies.

Agora, que você sabe o do porque dos ratos serem muitos usados em experiências, quando isso exatamente começou? Bom, os roedores começaram a ser usados no início do século 19, e atualmente, são responsáveis por 95% das pesquisas de genéticas,  de medicamentos e cosméticos, segundo dados da Fundação de Pesquisas Biomédicas.

Claro que experiências como essas são necessários para que a medicina evolua, mas até que em ponto é certo fazer isso com animais inocentes?  Bom, esse é um assunto um tanto quanto delicado. Não é toda a comunidade cientifica que é a favor desses métodos. Algumas pesquisas mostram que animais como os ratos, são modelos muitos pequenos para representar um sistema imunológico do ser humano, por se assemelharam mais com bebês do que uma pessoa adulta.

E ai, qual sua opinião sobre ratos serem usados afins da ciência? É a favor ou contra? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Via   Vix  
Gustavo Camargo
Gustavo Camargo, 18 anos, Goiano, Publicitário, Homão da Porra. Fascinado por League of Legends, Hearthstone, Lúcifer (série) e Literatura.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+