• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Roteiristas tentam explicar decisão de Daenerys no penúltimo episódio

POR Letícia Dias    EM Notícias      15/05/19 às 15h06

Dois dias se passaram e os espectadores ainda não conseguiram encontrar uma justificativa plausível para a incineração de Porto Real. Embora muitos defendam a instabilidade emocional de Daenerys, um dragão e muita raiva não são motivos suficientemente convincentes. Sendo assim, os digníssimos criadores da série, David Benioff e D.B. Weiss explicaram (sem sucesso) a decisão de Dany de iluminar toda a Fortaleza Vermelha.

Em "The Last of Starks" a penúltima dos Targaryen encarou severas perdas. O episódio começou com ela se despedindo de Jorah, que havia se sacrificado para salvá-la na Batalha de Winterfell. Alguns minutos adiante, Dany perde Rhaegal para o escorpião de Qyburn. E por fim, mas não menos impactante nos minutos finais Missandei diz um último dracarys antes de ser assassinada por Cersei. Como se as perdas de seus entes queridos não houvessem sido suficientes, a quebradora de correntes também começa a perder a lealdade de seus aliados.

Aparentemente, essas foram as variáveis que levaram Daenerys ao seu maior e mais controverso momento. Na metade dos 80 minutos do episódio, ela decidiu transformar a capital de Westeros em cinzas. Isso aconteceu ignorando o fato de os sinos, indicando rendição, terem tocado. A questionável decisão vai contra toda a jornada da personagem apresentada na série. Daenery se tornando a "Rainha Louca" e recuperando o legado de seu pai, passou longe do que era esperado pelos fãs.

D&D explicando a quebra de expectativa

Não é novidade que GOT é uma das séries mais imprevisíveis de todos os tempos. Ned Stark e sua família que o digam. No entanto, a razão da jogada realizada pela mãe dos dragões não ficou evidente. No making of publicado no canal oficial da série, os criadores tentaram dar sentido as ações de Daenerys.

Benioff e Weiss ressaltaram como as tragédias nos últimos dois episódios afetaram pessoalmente a Targaryen. De acordo com eles, o turbilhão de emoções da rainha foi amplificado sob a visão da Fortaleza Vermelha.

"Se as circunstâncias houvessem sido outras, eu não acho que esse lado de Dany teria se revelado. Se Cersei não a tivesse traído e executado Missandei. Se Jon não tivesse revelado à ela a verdade. Se essas coisas tivessem acontecido de forma diferente, eu não acho que teríamos chegado a ver o lado sombrio de Daenerys Targaryen".

"Eu não acho que ela tomou essa decisão de forma premeditada. Ela avistou a Fortaleza Vermelha o que, pra ela, foi a casa que sua família construiu quando chegou em Westeros há 300 anos. Naquele momento, olhando o símbolo do que foi tomado dela, ela tomou a decisão de tornar aquilo pessoal".

Embora a decisão de Daenerys divida muitas opiniões, o que realmente incomodou a audiência foi a pressa e despreparo com que isso foi transmitido.  A série passou sete temporadas construindo a personagem, até que repentinamente tudo pelo que ela lutava, passou a não importar. Dos vários erros que GOT tem cometido, esse foi o maior.

Com apenas um último episódio faltando para o encerramento da série, estamos a alguns dias de descobrir a conclusão do arco de Daenerys. E então, o que você acha que vai acontecer? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Screen Rant  
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+