• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Uma moeda lançada de um prédio pode matar uma pessoa? Mito ou verdade?

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      05/12/14 às 22h02

Logo de cara, a gente já fala que essa história é um grande mito da ciência. Mas, se um dia, você também já chegou a creditar nisso, não se preocupe. Milhares de pessoas pelo mundo também já caíram nessa conversa e acham que se alguém jogar uma moeda, mesmo que seja do tamanho de um centavo, do alto de um prédio imponente - como o Empire State Building, nos Estados Unidos, por exemplo - ela poderá matar o pedestre que, por infelicidade, por atingido.

Bom, isso, como falamos no início, é mentira. A própria física, aliás, explica que isso não é possível, graças ao formato da moeda, que é plano. Sendo assim, a mesma aceleração que o objeto adquirir, atraído pela gravidade; valerá também pela força da resistência que o vento exercerá em sua superfície. Assim, juntamente com sua leveza, a moeda não conseguirá atingir mais que 40 quilômetros por hora em sua descida, impossível de causar qualquer ferimento mais sério que um ardor momentâneo na cabeça de quem for atingido.

1

No entanto, se estivéssemos falando sobre uma caneta, aí sim existiria riscos. Devido ao seu formato, esse objeto poderia descer a uma velocidade de até 32o quilômetros por hora, girando como uma flecha ou, simplesmente, seguindo uma linha reta. Nessas circunstâncias o pedestre estaria realmente em sérios riscos, já que a caneta poderia funcionar como um objeto pontiagudo, capaz de perfurar até mesmo madeira e concreto.

2

Sabia disso?

Desvende outros mitos famosos por aí clicando nas seguintes matérias: Você sabia que Jesus era negro?, 8 mitos e verdades sobre o micro-ondas que precisam ser conhecidos e 6 mitos sobre depressão desmascarados.

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+