Curiosidades

Uso de robôs ”assassinos” é aprovado pela Polícia de São Francisco

0

No passado seria impensável a revolução tecnológica que vivemos hoje. À medida que o tempo passa, os robôs vão ficando cada vez mais inteligentes. Tanto é que alguns deles podem aprender e tomarem decisões sozinhos. Hoje em dia, eles fazem coisas que antes achávamos ser capazes somente nos filmes de ficção científica. E todo esse avanço é usado para ajudar a humanidade.

Por exemplo, o Departamento de Polícia de São Francisco (SFPD) aprovou que robôs militares, que têm potencial para serem letais, sejam usados. Essas máquinas conseguiram matar os criminosos durante as operações de segurança pública contra ameaças extremas.

De acordo com representantes do Conselho de Supervisores da cidade, essa aprovação irá permitir que as autoridades façam uso desses robôs em situações em que “o risco de perda de vidas para as pessoas da comunidade ou para os policiais que participam de uma ação for iminente”.

Robôs

Canaltech

“Esses robôs podem ser potencialmente equipados com cargas explosivas para romper estruturas fortificadas, com a presença comprovada de pessoas violentas, armadas ou perigosas, colocando em risco a integridade física da população ou de seus defensores”, explicou um porta-voz da polícia.

O uso das máquinas foi aprovado por oito votos a três pelos conselheiros. No texto descrevendo o uso dos robôs ficou definido que o seu uso deverá acontecer apenas quando o risco superar qualquer outra opção de intervenção para combater determinado crime.

Até o momento, os robôs já são usados para treinamento e simulações, busca e apreensão, execução de mandados e avaliação de dispositivos que pareçam suspeitos de serem bombas. Agora, com essa aprovação, eles também têm a permissão de matarem pessoas, mas somente se essa for a última alternativa.

Antes que a votação acontecesse, Aaron Peskin, reitor do Conselho de Supervisores, tinha retirado a cláusula que impedia que os robôs fizessem algum atentado contra a vida humana. Segundo ele, isso foi retirado porque “poderia haver cenários em que o emprego de força letal fosse a única opção”.

Robôs na polícia

O Departamento de Polícia de São Francisco tem 17 robôs do modelo Remotec F5A, mas somente 12 estão em funcionamento pleno. Eles são controlados de forma remota por humanos e, normalmente são usados para o desarme de bombas ou então para fazer uma investigação em algum lugar suspeito.

Por mais que essa autorização feita em São Francisco tenha chamado a atenção da mídia, ela não é a primeira cidade dos Estados Unidos que autorizou o uso de robôs assassinos. Tanto é que, em 2016, a polícia de Dallas, no Texas, usou um robô que estava armado com um explosivo C-4 para matar um atirador que tinha matado cinco policiais e deixado vários outros feridos.

O Departamento de Polícia de Oakland, na Califórnia, também quis aprovar um projeto permitindo que os robôs do modelo Remotec F5A fossem equipados com espingardas e tivessem autorização para matar. Eles tentaram essa aprovação no começo desse ano, mas as autoridades acabaram decidindo abandonar essa ideia.

Substituição pelas máquinas

Olhar digital

O uso de robôs pelas forças de segurança não é uma coisa tão impensável. Pode-se ver isso com o fato de que nas próximas décadas o exército britânico pode ter como recrutas dezenas de milhares de soldados robóticos. Segundo Nick Carter, chefe do Estado-Maior de Defesa do Exército britânico, esses novos drones e robôs podem acabar se tornando uma fração significativa das forças armadas do país.

O uso desses robôs é pensado para compensar a queda no número de recrutas humanos. Contudo, Carter também tem em mente que com as forças armadas tendo soldados robôs, uma possível guerra robótica é bastante perigosa.

Mesmo assim, em sua visão, ter um exército de robôs, sejam eles autônomos ou controlados remotamente, pode ser uma realidade até 2030.

“Quer dizer, suspeito que poderíamos ter um exército de 120.000, dos quais 30.000 podem ser robôs, quem sabe”, disse Carter. Entretanto, ele ressaltou que não está comprometido com nenhum número específico.

Fonte: Canaltech, Olhar digital

Imagens: YouTube, Canaltech,

Segundo jornal, Johnny Depp voltará a ‘Piratas do Caribe’

Previous article

Tadic, capitão e camisa 10 da Sérvia, já teve ‘pênis engessado’ após choque com trave

Next article

Comments

Comments are closed.