Curiosidades

Veja como é por dentro e por fora do carro voador da Embraer

0

O desejo de um carro voador sempre permeou a sociedade. Alcançar esse sonho se provou não ser tão fácil, mas mesmo assim, empresas não desistiram de fazê-lo virar uma realidade. E ao que tudo indica, esse futuro já é uma coisa do presente. Tanto é que, nessa sexta-feira, a consulta pública feita pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a aeronavegabilidade do “carro voador” EVE-100 acaba.

Através dessa consulta, a agência irá ter comentários e sugestões de especialistas a respeito de vários fatores, como equipamentos, estruturas da aeronave, design e construção, interface da tripulação de voo, performance de voo e usina de energia.

Então, se esse carro voador da Eve Air Mobility for certificado, ele pode ser o primeiro eVTOL, que significa “aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical”, regulamentado no nosso país.

Carro voador da Embraer

Olhar digital

Esse carro voador da Embraer é um modelo do tipo “lift+cruise”, o que quer dizer que ele tem rotores para se deslocar verticalmente e asas para fazer um deslocamento horizontal.

O veículo está sendo fabricado em Taubaté e as primeiras unidades já têm previsão de serem entregues em 2026. De acordo com o segundo o Índice de Realidade de Mobilidade Aérea Avançada, da SMG Consulting, até agora já foram encomendados 2.850 desses veículos.

O carro voador tem oito hélices para decolagem e pouso e um motor elétrico para propulsão. Ele tem uma autonomia de 100 quilômetros e por conta disso irá poder ser usado como táxi aéreo. Para se ter uma noção, de acordo com uma simulação no site da empresa, um caminho em Miami que seria feito em 45 minutos de carro, iria ser feito em 15 com o EVE-100, e essa viagem ainda não iria emitir CO2.

A capacidade desse veículo seria de até quatro pessoas, além do piloto, ou então cinco pessoas se o piloto automático for ativado. Esse carro voador não poderá ir para qualquer lugar porque os trajetos irão ser desenhados a partir de rotas pré-definidas. Além disso, as decolagens e os pousos irão acontecer em aeroportos ou ventiportos, que são helipontos para as aeronaves elétricas.

Os testes de voo do EVE-100 estão previstos para começar esse ano e irão acontecer em três cidades do Brasil e uma nos EUA. São elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Francisco.

Compra

Olhar digital

No caso do EVE-100, ele ainda começará os seus testes até que possa ser entregue para quem o encomendou. No entanto, nos EUA, as pessoas já podem comprar o seu próprio carro voador.

Esse veículo do futuro se chama Lilium Jet e é feito com uma tecnologia de ponta, além de ter um ótimo desempenho e luxo. E claro que por conta disso tudo o preço desse carro voador não é um valor camarada.

A possibilidade de compra desse tipo de veículo foi confirmada na quarta-feira dessa semana e, logicamente, é vista como um marco e um ponto de virada para esse setor. Até porque, o mercado norte-americano é considerado o maior em aviação privada do mundo.

Esse “carro voador” é na realidade uma aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical (eVTOL) feita pela Lilium, uma startup de aviação alemã. A cabine do veículo pode ser configurada para caber até seis pessoas, além do piloto. Mas uma configuração sem nenhum assento também pode ser feita para que cargas sejam transportadas.

carro voador pode chegar a uma velocidade máxima de 280 quilômetros por hora, tendo uma autonomia estimada de 250 quilômetros por cada carga. Para isso foram desenvolvidas baterias de alta densidade específicas para esse veículo. Quem as desenvolveu foi a também alemã Customcells.

E ao contrário da maior parte dos carros voadores atuais, o Lilium Jet adapta a tecnologia de motores a jato, que é usada na maior parte dos aviões comerciais, para o veículo através de um sistema de rotor/estator de estágio único movido por um motor elétrico.

Esse sistema é pioneiro e, de acordo com a empresa, ele tem um desempenho excepcional. Além disso, seus níveis de ruídos são diminuídos e ele é capaz de levar uma carga útil maior do que os outros modelos.

Como dito, todo esse luxo e desempenho oferecidos fazem com que o preço desse carro voador não seja dos mais atrativos. Tanto é que, quem quiser ter um deles em casa terá que desembolsar entre sete e 10 milhões de dólares, equivalente a 50 milhões de reais.

Quem irá revender o Lilium Jet é a EMCJET, uma empresa de corretagem e gerenciamento de aeronaves do Texas. Até 2030, essas revendas serão feitas somente para vendas privadas.

Até o momento, esse carro voador está disponível em Austin, Houston, Dallas e San Antonio, mas tem a promessa de que ele estará disponível em todo os Estados Unidos.

Fonte: Olhar digital

Imagens: Olhar digital

Vulcão gigante é descoberto em Marte

Artigo anterior

Google Chrome ganha recurso para proteger privacidade de usuários

Próximo artigo