Fatos NerdNotícias

Warner Bros. fala sobre lançar Mulher-Maravilha 1984 por streaming

0

Após diversos adiamentos, foi anunciado que Mulher-Maravilha 1984 será lançado tanto nos cinemas quanto no HBO Max na véspera de Natal. Além disso, os fãs brasileiros ainda terão o privilégio de conferir o filme antes dos assinantes do serviço de streaming já que, enquanto nos Estados Unidos o filme chegará no dia 25 de dezembro, aqui a estreia acontecerá no dia 17. Provavelmente essa decisão de adiantar a estreia por aqui se deve ao fato de não haver previsão para a chegada do HBO Max à terras brasileiras. De qualquer forma, muitos fãs ficaram insatisfeitos com a decisão da Warner Bros. de lançar o filme, mesmo diante de um cenário pandêmico e diretamente em uma plataforma de streaming, já que isso certamente afetará sua recepção pública.

Contudo, Jason Kilar, o CEO da Warner Media, divulgou um comunicado oficial detalhando por que Mulher-Maravilha 1984 fará sua estreia no HBO Max e nos cinemas ainda esse ano. Aparentemente, a decisão da empresa levou em consideração a atual conjuntura, a opinião de Patty Jenkins e o desejo dos fãs da heroína. “Este filme incrível estará disponível em ambos os meios no mesmo dia. Se você tiver a sorte de morar em um lugar onde os cinemas são abertos, acreditamos que estamos oferecendo uma ótima opção, dados os protocolos Cinema Safe que nossos parceiros implementaram. Com isso, os expositores estão oferecendo uma experiência de ir ao cinema com distanciamento social, máscaras, protocolos de limpeza e ventilação. Se você e sua família preferem ficar em casa e fazer sua própria pipoca neste feriado, queremos compartilhar a experiência de Mulher-Maravilha 1984 com você no mesmo dia através da HBO Max. A decisão é sua”, disse ele.

Kilar ainda afirmou que acredita que esta opção beneficia todas as partes envolvidas. “O primeiro e mais importante benefício é para os fãs na forma de uma escolha sem precedentes. O segundo benefício é para os expositores, proporcionando um filme ansiosamente aguardado em um momento muito necessário enquanto eles tomam cuidados em suas operações. Por fim, nós acreditamos que nossos parceiros criativos e nós mesmos iremos nos beneficiar desta decisão, na forma de resposta dos fãs tanto no cinema, quanto via HBO Max nos Estados Unidos”.

Visto que esse será o primeiro grande filme a estrear na plataforma, a Warner está em busca de utilizar essa situação como teste para futuras experiências, tal qual o Disney+ fez com Mulan. O executivo lembrou que Mulher-Maravilha de 2017 estreou nos cinemas nos Estados Unidos para pouco mais de quatro milhões de fãs e está curioso para saber como será a audiência de sua sequência.

Como isso pode afetar o futuro da franquia Mulher-Maravilha?

Assim como dissemos acima, dentre os fãs, existe o receio de que essa decisão possa afetar o futuro da heroína nos cinemas, afinal, sem bilheteria o estúdio pode acabar perdendo interesse na franquia. Todavia, Kilar prometeu que o estúdio redefinirá as expectativas para compensar a pandemia. “Embora estejamos atentos às receitas do cinema, nossas expectativas estão claramente ajustadas devido ao COVID-19”, garantiu ele.

Por fim, Killar fez questão de ressaltar que o lançamento de Mulher-Maravilha 1984 se faz necessário na atual situação e por isso a Warner está ansiosa para compartilhar o longa com o público. Quem sabe esse filme seja uma dose de esperança em meio a todo o caos que foi 2020. Independente disso, estamos ansiosos para revisitar a história de Diana Prince – com todo cuidado e precaução necessários, é claro.

Fonte: CBR
Imagens: Warner Bros.

10 homens mais sexy do mundo escolhidos pela revista People

Matéria anterior

Aplicativo desvenda a linguagem dos gatos e traduz os miados

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.