• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

10 livros polêmicos que foram banidos de vários países

POR André Quincas    EM Entretenimento      03/03/16 às 19h33

Alguns dos melhores livros da história da literatura internacional já foram banidos, por serem considerados provocadores, depravados e incitarem o uso de drogas e perversidade. Ao ler esta lista você provavelmente concordará com alguns casos, mas a maioria deles foram alvo de uma censura existente apenas para tolher a liberdade de expressão.

Um que não está na lista, mas que tem uma contextualização interessante é Madame Bovary, de Flaubert, publicado em 1857. O livro fala sobre uma burguesa que trai o marido, e o autor ainda satiriza a burguesia ao falar da vida entediante da referida burguesa e das pessoas ao seu redor. Na época, Flaubert chegou a ser julgado, acusado de criar uma personagem ofensiva sobretudo aos olhos da igreja.

Pois bem, sem mais delongas, confiram 10 obras com abordagens diversas que foram proibidas em bibliotecas do mundo todo por conterem temas polêmicos:

1- 50 Tons de Cinza

capafilme50tonsdecinza_fev2015

50 Tons de Cinza, da britânica E. L. James, conta a história do relacionamento de submissão e domínio sexual entre uma estudante e um bilionário. Grupos de várias partes do mundo já se manifestaram contra a obra, principalmente entidades que ajudam vítimas de violência doméstica.

2- Lolita

tumblr_m5sepopiOw1qz9qooo1_1280

Lolita é um romance de 1955 escrito por Vladimir Nabokov. Ele conta a história de um homem que se casa com uma mulher afim de manter relações com sua filha de 12 anos. Por conta da temática e dos atos pornográficos descritos no texto, o livro foi banido do Reino Unido e da França.

3- Into the River

into-the-river

Into the River foi lançado por Ted Dawe na Nova Zelândia em 2015, mas foi tirado de circulação. Os críticos do romance acreditaram que o livro seria perigoso para os jovens, devido às cenas de sexo explícito e uso de drogas. Mas as pessoas acreditam mesmo é que se trate de uma censura do governo à liberdade de expressão.

4- Ratos e Homens

of-mice-and-men

O clássico de 1937 escrito por John Steinbeck, conta a história de dois homens simples que migram de um lugar para outro em busca de trabalho na zona rural da Califórnia. Desde que foi lançado, o livro é alvo de censores que repudiam a vulgaridade e a linguagem racial ofensiva no texto. O livro é leitura obrigatória em muitas escolas, mas é acusado de promover a eutanásia.

5- Harry Potter

pt_BR-timeline-image-bloomsbury-publishing-1346425305

Todos os livros de J. K. Rowling foram censurados nos Emirados Árabes por supostamente incentivarem a bruxaria. No ocidente, os livros foram alvo de protestos de líderes religiosos no Brasil, e nos Estados Unidos, entraram para a lista de obras que receberam vetos.

6- As Aventuras de Huckleberry Finn

-CAPAS2-9788572329385

O livro foi escrito por Mark Twain em 1885 e desde então recebe críticas por ter linguagem considerada chula e obscena. Foi banido de muitas bibliotecas nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá.

7- Psicopata Americano

livro-o-psicopata-americano-bret-easton-ellis-rocco-16694-MLB20124350813_072014-F

Ao contrário da adaptação cinematográfica de sucesso, Psicopata Americano, de Brett Easton Ellis, é considerado grotesco, violento e delirante. Foi banido da Alemanha e do Canadá por conter cenas de assassinato, estupro e tortura.

8- The Satanic Verses (Versos Satânicos)

versos

O livro traz representações negativas do Islam, o que obviamente causou indignação entre os xiitas. O autor Salman Rushdie foi obrigado a se esconder e depender de proteção policial constante desde que lançou a obra em 1988.

9- Brave New World (Admirável Mundo Novo)

Download-Admiravel-Mundo-Novo-Aldous-Huxley-em-ePUB-mobi-e-pdf

Escrito por Aldous Huxley, o livro foi aceito na maior parte do mundo. Mas na Irlanda e nos Estados Unidos, foi considerado controverso por mostrar temas sobre parto criticados por conservadores. No fim das contas foi proibido na Irlanda.

10- Animal Farm (A Revolução dos Bichos)

rbichos1

A maior parte dos livros de George Orwell trazem temas provocantes sobre política. Em "A Revolução dos Bichos", ele faz uma crítica mordaz ao comunismo, o que levou o livro a ser proibido na União Soviética, Cuba, Coreia do Norte e Emirados Árabes.

Já leu ou se interessou em ler algum destes livros?

Próxima Matéria
André Quincas
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+