• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


10 Pokémon recriados de forma assustadora

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      22/05/17 às 19h22

O anime Pokémon foi lançado no final da década de noventa, mais precisamente em 1997. Para quem não sabe, Pokémon é uma abreviatura em japonês para Pocket Monsters (Monstros de Bolso), monstros esses que conquistaram a simpatia e o coração de milhares de fãs ao redor do mundo. A animação fez parte da infância de muitas pessoas, acompanhar as aventuras de Ash e sua turma de amigos era quase um ritual sagrado. Além disso, quem não adorava saber tudo o que podia sobre os Pokémon?

As simpáticas criaturas tinham um jeito único de ser, cada uma com suas respectivas habilidades, anatomia, evoluções e até mesmo personalidade. Assim como todo o resto do anime, os Pokémon também eram coloridos e, normalmente, nada assustadores. Sua base de admirados é gigantesca, por isso, encontramos pessoas de todos os jeitos e gostos que sempre gostaram da animação. Este é o caso de J.R. Coffron, um artista que, além de adorar Pokémon é super fã do gênero horror.

Juntando suas paixões, Coffron, em parceria com os artistas Roberto Padula, Stephen Oakley, Henrik Rosenborg e Preston Stone, desenvolveram uma série de ilustrações intitulada Monstrosities, nas quais eles retratam alguns Pokémon de forma bastante perturbadora. Toda a inocência, as cores e a imagem de pureza das criaturas foi retirado e substituído por sombras e deformações. Apesar das imagens serem um tanto quanto bizarras, o resultado bastante interessante.

#1 Likitung

#2 Pikachu

#3 Exeggutor

#4 Nidoking

#5 Weezing

#6 Beedrill

#7 Gloom

#8 Venusaur

#9 Cloyster

#10 Poliwag

Próxima Matéria
Imagens Facebook
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+