A Segunda Guerra Mundial foi um grande conflito militar global, que durou entre os anos de 1939 a 1945. O mesmo envolveu a maioria das nações do mundo, incluindo todas as grandes potências mundiais. Chegando a ter 100 milhões de militares mobilizados, o conflito foi o maior e mais significativo confronto armado da história. A guerra serviu como terreno fértil para a evolução de estruturas de segurança, inteligência e tecnologia. É impossível estudar sobre a história do mundo e não passar por esse período. Detalhes sobre a guerra podem ser encontrados em vários livros ou portais na internet. Embora já saibamos muito sobre o confronto, há muito mais para saber.

Existem pessoas, que dedicam suas vidas, em busca de novas informações sobre soldados, armamentos, meios de transportes, planos e várias outras coisas da guerra. Sendo assim, buscam por equipamentos e acessórios que podem auxiliar nessa busca por informações. Recentemente, algo incrível e inédito aconteceu. Após muitas buscas, aviões afundados no Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial foram encontrados. As aeronaves podem revelar muitas coisas sobre esse período e ainda auxiliar, em vários estudos que já estão em andamento. Confira conosco mais detalhes sobre essa descoberta e aproveite para compartilhar com seus amigos.

Aviões desaparecidos na Segunda Guerra Mundial foram encontrados

Publicidade
continue a leitura

As três aeronaves foram encontradas no Estado Chuck, pertencente aos Estados Federados da Micronésia. Essa descoberta foi feita graças ao Projeto Recover. Essa foi uma iniciativa norte-americana que visa reunir a colaboração de vários especialistas do país em busca de corpos ou objetos perdidos durante a guerra. Os destroços encontrados pertenciam a três dezenas de aviões. Eles teriam sido lançados no dia 17 de fevereiro de 1944, durante a "Operação Hailstone". O intuito do lançamento era atacar a base naval japonesa do Estado Chuuk, então chamado de Lagoa Truk.

Publicidade
continue a leitura

De acordo com os especialistas, o lugar era muito fortificado e conhecido como "Gibraltar do Pacífico". A vitória dos Estados Unidos por lá foi essencial para que o país controlasse aquela área. Esse confronto custou muitas vidas. Depois de dois dias de combate, acredita-se que pelo menos 250 aeronaves japonesas e quase 50 navios tenham sido destruídos. Além disso, 30 aviões dos Estados Unidos. Estudiosos acreditam que 23 norte americanos tenham morrido nessa batalha. O número de vidas japonesas perdidas não é conhecido.

Publicidade
continue a leitura

A região, onde os aviões foram encontrados, é foco de exploração marinha por mergulhadores. No entanto, foi somente em abril de 2018 e dezembro de 2019, é que os parceiros do Project Recover exploraram o local. O intuito era encontrar aviões perdidos em combates. A equipe navegou quase 70 quilômetros quadrados para conseguirem localizar as três aeronaves. Isso pode ajudar em diversas outras pesquisas a respeito desses confrontos.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do nosso site.

Publicado em: 27/02/20 15h25