12 melhores (e mais engraçadas) referências e easter-eggs de Deadpool 2

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      18/05/18 às 16h11

Para quem gosta de referências e easter eggs, Deadpool 2 é uma obra de arte. O segundo filme do Mercenário Tagarela está recheado de menções. O melhor de tudo é que o personagem é tão descarado que não se importa em zoar universos alheios. Deadpool é um personagem da Marvel Comics, porém seus dois filmes foram produzidos e distribuídos pela 21st Century Fox. A confusão já começa por assim! Os filmes são uma prova de que milagres acontecem. O estúdio acertou tanto no primeiro longa que o segundo foi apenas inevitável.

Deadpool 2 é muito mais ousado nas referências que seu antecessor. Ele não poupa nada e nem ninguém. Nem mesmo a "concorrência". Ele fala da DC no cinema, comenta várias coisas sobre Vingadores e não perde a chance de encaixar diversos outros filmes em seus diálogos e ações. Com tantos pontos que podem ser comentados, separamos alguns dos mais interessantes para apresentar. Confira!

Vale lembrar, pode ter spoilers a seguir.

1 - O cameo dos jovens X-Men

Chega a ser inacreditável que James McAvoy (Professor Xavier), Nicholas Hoult (Fera), Evan Peters (Mercúrio) e Tye Sheridan (Ciclope) aceitaram aparecer por segundos no filme. Eles realmente se caracterizaram de seus respectivos personagens e gravaram uma breve participação. A cena em si acontece quando Wade está no Instituto se recuperando de seu suicídio frustrado. Em um ataque de raiva, ele fala da "pobreza" do estúdio em não disponibilizar X-Men de primeiro escalão para o filme. Por causa disso, ele perde esse encontro.

2 - A miniatura musical de Wolverine

Enquanto boa parte dos fãs foram as lágrimas ao ver o fim de Logan, Deadpool prestou uma homenagem a sua maneira. Logo no começo do filme, ele coloca tocar uma action figure que retrata Logan no tronco em que morreu. Para aumentar o nível de provocação, ele ainda coloca a miniatura para girar ao mesmo tempo em que toca uma musiquinha de caixinha de joias.

3 - A competição com Logan

Difícil dizer se Deadpool sente orgulho ou uma pontada de ciúme de Logan. No filme, ele comenta com certo sarcasmo, claro, que Logan ficou com inveja porque seu primeiro filme foi para maiores de idade e resolveu fazer o mesmo. Depois, Wade ainda diz que ele se atreveu a morrer na própria história. Já que foi assim, o Mercenário revela que também fará a mesma coisa. À lá Deadpool de ser, ele se explode e seu corpo e desmembrado no processo, mas não antes dele posicionar corretamente o dedo do meio de sua mão.

4 - Troca de cor do uniforme

Ao fim do terceiro ato, Deadpool e companhia tentam impedir Russel de cometer seu primeiro assassinato. Wade quer a chance de conversar com ele, por outro lado Cable não quer arriscar e pensa só em matar logo o garoto. Em meio a essa confusão, eles ainda precisam enfrentar um bando de funcionários do orfanato. Devido a uma explosão, o uniforme de Deadpool passa da cor vermelha para um quase cinza. Essa é uma referência ao seu traje nos quadrinhos quando ele faz parte da X-Force. Quando a equipe completa a missão e, enfim se entendem, seu uniforme está mais para o cinza, representando o nascimento da X-Force no cinema.

5 - Camiseta amarela

Ainda no uniforme, é incrível como um toque simples pode ser tão satisfatória às vezes. Deadpool sempre foi relutante em se juntar aos X-Men, e mesmo assim resolve dar uma chance no filme. Mas o assunto é sério e ele precisa ser testado primeiro. Quando a oportunidade surge, ele aparece com uma (meia?) camiseta amarela e preta por cima de seu uniforme escrito "Trainee" (ou estagiário). Essas são as cores de seu uniforme nos quadrinhos quando ele também se junta à equipe.

6 - A filha de Cable

Russel é apenas uma criança na linha temporal apresentada no filme. No entanto, depois de assassinar o diretor do orfanato que abusa dele, o garoto toma gosto pelo ato e não para mais. No futuro, ele é o responsável pela morte da esposa e filha de Cable. Para tentar impedir o crime, Cable volta no tempo decidido a matar Russel antes de sua primeira morte. Mais no fim, ele diz o nome de sua filha é Hope. Nos quadrinhos, essa personagem é a primeira mutante a nascer depois que a raça foi praticamente extinta. No entanto, o filme não deu detalhes suficiente para especular se foi apenas uma referência ou se ela terá alguma importância no futuro.

7 - Exterminador do Futuro

Cable é um humano com pitadas de máquina e também um viajante do tempo. Ele vem do futuro com a missão de matar uma criança. Para os fãs de cinema e, em especial, ficção científica, foi fácil pegar essa referência. Exterminador do Futuro: O Julgamento Final tem uma premissa levemente familiar. Um androide vem do futuro para matar o futuro líder da resistência humana que acontece ser uma criança. O filme tanto reconhece que o modo com Cable chega no presente é semelhante ao modo e Arnold Schwarzenegger. E, no momento em que Deadpool persegue Cable, ele chama o viajante de John Connor, o nome da criança no filme de James Cameron.

8 - A camisa florida

Ao interpretar Cable e Thanos, Josh Brolin está no ápice de sua carreira. No entanto, o ator está nesse ramo há anos. Quando Wade está se recuperando por ser partido ao meio pelo Fanático, ele aparece usando uma camisa verde toda florida. Essa é uma referência ao clássico filme Goonies, de 1985, no qual o personagem chamado Chunk vestiu a mesma roupa. Coincidentemente, o filme também é estrelado por Josh Brolin.

9 - Digam O Que Quiserem

Digam O Que Quiserem é um filme de 1989 que ficou famoso por uma determinada cena. Na história, o personagem de John Cusack tenta reconquistar Diana Court ao levar um rádio enorme para frente de seu dormitório. Ele o segura sobre a cabeça e toca In Your Eyes, a mesma música que tocou na primeira vez em que eles dormiram juntos. Deadpool faz (quase) a mesma coisa com Colossus. O Mercenário para em frente a mansão Xavier e usa seu celular para tocar a música e pedir pela ajuda do amigo.

10 - Cenas pós-créditos

Com todo respeito a Capitã Marvel e mesmo a Nick Fury, mas as cenas pós-créditos de Deadpool 2 são as melhores de todos os filmes de super-herói. São quatro cenas e uma melhor que a outra. Após Míssil Adolescente consertar o dispositivo de viajem no tempo de Cable, Deadpool usa e abusa dele. O Mercenário volta no tempo e salva Vanessa. Volta e mata a pior versão de si mesmo, isto é, aquela miséria de personagem em X-Men: Origem - Wolverine. Na verdade, ele descarrega o pente da arma. Tudo isso na frente do próprio Wolverine. O melhor de tudo, ele mata Ryan Reynolds assim que o ator acaba de ler o roteiro de Lanterna Verde. Um tiro na cabeça e sem arrependimentos! Simplesmente maravilhoso!

11 - Sombrio como o Universo DC

Deadpool não conhece limites, nem mesmo os de estúdio. Desde o início de sua tentativa em iniciar um universo cinematográfico unificado, a DC tem recebido críticas negativas a respeito do tom sombrio de seus filmes. E o Mercenário não deixou de contribuir com elas. Durante seu confronto contra Cable na prisão, o viajante diz a Wade que ele vai morrer, e modo como diz é muito sério. Sendo assim, Deadpool não perde a oportunidade de cutucar a concorrência: "Tão sombrio, tem certeza que não é do Universo DC?!".

12 - Deadpool sabe sobre os Vingadores

O Mercenário Tagarela tem plena consciência dos Vingadores e sabe até mesmo como eles operam. No final, quando luta contra Fanático, Deadpool sobe nele e tenta remover seu capacete. Como o personagem é muito grande e está nervoso, Wade começa a cantar a canção de ninar que Natasha cantarola para Hulk se acalmar. A diferença é que com ela funciona!

Agora comente com a gente quais foram suas referências favoritas de Deadpool 2.

Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+