• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

12 palavras que você já usou sem saber o que significavam de verdade

POR Thamyris Fernandes    EM Curiosidades      29/01/15 às 12h57

Se tem uma coisa em que o Brasil está cheio é de ditados populares. Como você deve saber, eles existem das mais variadas formas e são ideais para um número sem fim de situações.

O problema, no entanto, é que a gente usa essas palavras e frases só porque soam de forma engraçada ou porque já as ouvimos tantas vezes que parecem uma boa opção para o momento. No entanto, na grande parte dos casos, a gente nem imagina o que elas significam de verdade, não é?

Hoje, no entanto, você vai descobrir, de uma vez por todas, o que essas palavras populares quem dizer. Veja só:

1. Sabe o "jerico", que só tem ideias ruins? Olha ele aqui:

1

 

Jerico: asno, burro.

2. E, na verdade, o joio é uma coisa e o trigo, outra:

2

Joio é uma planta gramínea que aparece como praga nas plantações, e ele é bem parecido com o trigo, por isso é difícil separa-los.

3. Alhos e bugalhos, realmente são coisas diferentes, não confunda:

3

Bugalhos são as nozes da galha, tipo de carvalho.

4. E olha só esse pessoal puxando uma "chincha":

4

Essa rede pequena de arrasto, que também é chamada de chinchorro ou chinque.

5. E, teoricamente, esses seriam os "bofes" botados para fora (isso mesmo, o pulmão):

5

6. E é isso que as pessoas, nos anos 90, mencionavam quando diziam que "a ficha caiu":

6

Ao invés dos cartões, os telefones públicos precisavam de ficha para fazer ligações. Elas, literalmente, caíam dentro do aparelho, quando eram empurradas. Só então, a ligação era feita e a comunicação podia ser estabelecida.

7. Essa aqui é a caldeirinha, para as pessoas que estão sempre entre a cruz e ela!

7

Na Igreja Católica, é o recipiente onde fica a água benta.

8. E, do fundo dessa cachimbo, depois do fumo, está para tirar também um sarro.

9

Dentre outras coisas nojentas, sarro é ainda o nome dado ao resíduo do tabaco queimado, meio oleoso, que fica no tubo dos cachimbos e piteiras.

9. E esse, coitadinho, é o bode expiatório, que era dado como sacrifícios em rituais religiosos antigos.

10

10. Abaixo, vos apresento o famoso "rei da paciência": Jó!

11

Segundo a Bíblia, Jó sobre as maiores desgraças possíveis, mas sua fé nunca é abalada e ele tem paciência suficiente para esperar melhoras em sua existência.

11. Perder a estribeira é sinal de queda certa, como você pode notar.

12

É a correia que segura o estrigo, onde se coloca o pé, ao arreio ou sela, na montaria. Perdê-la, com certeza, vai deixar você desnorteado!

12. E, para terminar, para não perder a graça dessas expressões populares, melhor mesmo é fazer "boca de siri", como na foto, para alguns dos significados acima:

13

A boca do bichinho é tão fechada que parece nem existir.

Gostou?  Então pode ser que você curta ler essa outra matéria também: 27 verdades sobre ditados populares.

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+