Entretenimento

13 criaturas míticas que podem realmente ter existido

0

Criaturas míticas sempre fizeram parte de nossos livros de história. Alguns podem, até mesmo, ainda existirem em nosso presente, por aí, escondidos nas sombras, tentando ser discretos. Acredita-se que alguns são, realmente, apenas ficcionais, outros, espécies extintas. Não importa muito como vemos essas criaturas, a verdade é que o fascínio que algumas pessoas tem por elas, continua a ser tão intenso como era no passado.

É importante lembrar que não temos o intuito de criticar, julga, nem impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, essa matéria se refere àqueles que se identificarem com seu conteúdo. Sendo assim, tentemos nos divertir um pouco.

Foi, justamente, pensando nessas pessoas que a redação do Fatos Desconhecidos selecionou uma lista com X criaturas míticas que podem realmente ter existido 13 criaturas míticas que podem realmente ter existido. Confira:

1 – Drácula

01

Drácula é um vampiro que, acredita-se, ter o poder de hipnotizar os homens para ser capaz de devorar seu sangue. É uma criatura imortal. Os vampiros são criaturas que temem a luz solar e podem ser mortos através de estacas de madeiras fincadas em seu coração. Devido às suas capacidades de beber sangue, sua juventude permanece a mesma durante centenas de anos. Vlad, o Empalador, é um dos

2 – Fadas

02

Acredita-se que as fadas são as protetoras da natureza. Elas vivem nas profundezas das florestas, de onde a mantém à salvo de pessoas que tentam esgotar suas reservas naturais e tesouros. Acredita-se que as fadas tomam forma humana e gastam um tempo considerável entre os homens. Tentam passar o mais desapercebido possível quando vivem entre nós.

3 – Lobisomen

03

Os lobisomens aparecem à partir de uma transformação ocorrida à meia noite em noites de lua cheia. Muita gente acredita que eles vivem entre nós. De acordo com algumas lendas, esses homens são possuídos pelos espíritos de animais, no caso, lobos, no intuito de protegerem suas aldeias em momentos de perigo e necessidade.

Porém, um cacique, na tentativa de se vingar de sua tribo e chefe que utilizava o lobo para aterrorizar terras próximas, teve de se manter em, também, em forma de lobo por muito tempo, até chegar ao ponto em que não conseguia mais separar o homem do animal.

Algumas pessoas acreditam que foi assim que surgiu o primeiro lobisomem um homem com espírito de lobo.

4 – Beserkers

04

São guerreiros que perderam toda sua humanidade. São, basicamente, máquinas de matar que não mostram misericórdia, alguns até dizem que isso é porque já perderam suas almas.

No entanto, na mitologia nórdica, eles são considerados guarda-costas da corte real e nobres. São descritos como “guerreiros de peito nu”, outros podem descrevê-los como “lobos” ou “peles de urso”.

São frequentemente retratados como vilões e estupradores, além de assassinatos constantes de seus prisioneiros capturados. De acordo com a história, os Beserkers serviram ao rei norueguês Haralad I Fairhair entre 872 e 930.

5 – Kraken

05

Essa figura se popularizou por conta da história “Alice no país das maravilhas”, na qual, era inimigo de Alice. No entanto, no final do século 13, acreditava-se que Kraken era sinônimo de Hafgulfa, um dos dois monstros marinhos existentes no Mar da Groelândia.

Aparentemente, essa criatura não possui grande capacidade de reprodução, o que explica seu pequeno número de criaturas. Em compensação, por conta de seu imenso tamanho e ferocidade, é capaz de viver por vários milênios.

6 – Unicórnio

06

Assim ficou conhecido o lendário cavalo alado que possui um chifre na testa, em formato espiral. É considerado um dos animais míticos mais antigos das histórias. É um ser completamente selvagem, em sua maioria, considerado um símbolo de graça e pureza.

Muitos acreditam que ele só pode ser capturado por uma virgem. O chifre é considerado de valor inestimável, possuindo a capacidade de transformar qualquer água envenenada em água potável e curar várias doenças.

7 – Lobo gigante

07

Ou lobo pré-histórico, pertenciam à família Stark, que não eram ficcionais mas já estão extintos. No entanto, originários da América do Norte, não eram tão grandes quanto são retratados em seriados, mesmo tendo sido o maior até hoje. São descendentes do gênero Canis.

Esse lobo é tão grande quanto um lobo cinzento porém, mais pesado. São carnívoros e possuem um cérebro menor que o dos lobos cinzentos. Extinguiram-se no período Pleistoceno.

8 – Amazonas

08

São descritos frequentemente como guerreiras que vivem no coração das florestas, sem a presença de homens. Acredita-se que elas só se utilizam dos homens para sua reprodução, capturando-os um por vez.

São descritas como arqueiras treinadas, que podem subir e se movimentar entre as árvores de maneira veloz, além de serem altamente hábeis na arte da luta. No entanto, sua extinção não fora concretamente explicada nas histórias conhecidas.

9 – Dragões

09

Tem sido sempre os favoritos na maioria dos folclores e histórias encantadas. Descrito como criaturas enormes, com asas (ou não) que podem voar e soltar fogo.

Alguns livros históricos retratam os dragões como inimigos e aliados. Atualmente, acredita-se que o Dragão de Komodo é um descendente dessas criaturas míticas, claro que em tamanho bem menor e sem a capacidade de cuspir fogo.

Tem sido uma das lendas favoritas, seja para livros, filmes e seriados, tanto do passado quanto atuais.

10 – Cerberus

10

Provavelmente você já ouviu falar, pelo menos, uma vez no cão Cerberus, de três cabeças e cauda de dragão. É uma criatura própria da mitologia grega.

Sua função era de guardião das portas do Hades (o inferno da mitologia grega), impedindo que qualquer tipo de “vida” entrasse.

Na Grécia Antiga, as pessoas realmente acreditavam que em qualquer caverna poderia haver “um” Cérberus.

11 – Minotauro

11

Talvez o mais conhecido, por causa da história de Teseu, que o enfrentou no Labirinto de Creta, onde o monstro vivera com corpo metade humano metade touro.

Sua função era impedir que qualquer um que entrasse no labirinto saísse vivo, Teseu foi o único capaz de derrotá-lo sendo, assim, capaz de deixar o labirinto.

12 – Lamassu

12

Na Antiga Mesopotâmia, o Lamassu era uma deidade com corpo de touro e asas que utilizava para protege a gente. Outras histórias falam que teria o corpo de leão, asas de águia e cabeça de homem, sendo uma deidade boa, também.

13 – Tarasca

13

Uma criatura lendária da cultura cristã. Algumas histórias dizem que Tarasca era um dragão de aparência aterrorizante que tinham más intenções que habitava a Costa Azul francesa.

De acordo com a lenda, muitos tentaram derrotar Tarasca, sem sucesso, mas foi Santa Marta, com suas orações quem conseguiu chamar a besta, convertê-la e levá-la para a cidade, totalmente domesticada.

Na qual as pessoas mataram Tarasca e a realização de Santa Marta fez com que as pessoas se convertessem ao cristianismo.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Já conheciam essas criaturas? Todas elas? Conhecem mais alguma que não citamos nessa lista? Alguma outra história? É importante lembrar que, por se tratarem de criaturas míticas não existem verdades absolutas sobre a história de cada uma. Sugestões, dúvidas, correções? Não se esqueçam de comentar com a gente!

7 imagens dos bastidores da Disneyland que vão arruinar sua infância

Matéria anterior

Isso é o que acontece quando você bebe apenas água por 30 dias

Próxima matéria

Comentários

Comentários não permitidos.

Você pode gostar