4 animais extintos que a ciência quer trazer de volta

POR Ultra Curioso    EM Natureza      08/07/15 às 16h39

O mundo está e sempre esteve em constante mudança. O clima e a geografia sofrem ligeiras alterações com o passar dos séculos, a temperatura pode aumentar ou diminuir e com essas mudanças os seres vivos devem se adaptar para não serem "pegos" pela seleção natural.

E é com essas profundas transformações do mundo (algumas causadas até pelo ser humano) que muitas espécies de animais acabam desaparecendo por não conseguirem se adaptar ao novo meio-ambiente imposto. Aves e mamíferos, os animais que entraram há tempos em extinção são alvo do profundo interesse dos biólogos e demais cientistas, que tentam a todo custo trazê-los de volta, para que voltem a povoar essa terra.

Conheça agora os 4 animais extintos que a ciência quer trazer de volta, e que sumiram há tanto tempo que foram considerados até lendas por alguns.

1. Dodô

Dodo_Natural_History_Museum_London_England

O Dodô (Raphus Cucullatus) era uma ave que não voava (devido ao pequeno porte de suas asas) e era considerado um animal muito 'estúpido'. A ave evoluiu sem qualquer predador, entretanto, quando as Ilhas Maurício (costa leste da África) passaram a ser habitadas por seres humanos, o dodô acabou sendo totalmente extinto.

O dodô tinha cerca de um metro de altura e podia pesar entre 10 e 18 kg. Ele já foi retratado em filmes e desenhos, como em A Era do Gelo, Up - Altas Aventuras e Alice no País das Maravilhas.

Saftleven_dodo

2. Pica-pau imperial

7702982675124719

O pica-pau imperial (Campephilus imperialis) não é visto há mais de 50 anos, embora alguns acreditem que ele pode realmente ainda estar vivo. No entanto, a ave é considerada extinta, pois todo o seu habitát no México foi totalmente destruído. Ele era admirado pela bela admiração de suas penas, fazendo-o ser caçado excessivamente.

1d7d39a64bc1c44d964078d3a556cac9

3. Tetraz-das-pradarias

heath_hen-_boston

O tetraz-das-pradarias (Tympanuchus cupido) habitava a América do Norte costeira e foi oficialmente considerado extinto em 1932. Acredita-se que peregrinos usavam esta ave para celebrar a comemoração do 'Ação de Graças', onde mais tardes foram substituídos por perus.

13476140355_44723f52a1_b

4. Mastodonte

400px-Mastodon_color

O mastodonte (mastodon) é uma espécie de mamífero extinto e é relacionada aos elefantes. Viveu na Europa Central e América do Norte durante os períodos Plioceno e Mioceno, mas tornou-se extinto cerca de 12.000 anos atrás.

Tinham cerca de 3 metros de altura e pesavam em torno de 7 toneladas. Eram herbívoros que se alimentavam de vegetação macia como folhas verdes e ramos. As suas presas de marfim chegavam aos 5 metros de comprimento. A sua carne foi uma fonte importante de alimento para os primeiros homens que colonizaram a América do Norte.

MATODONTE

Bônus:

Dinossauros

Troll-Brain-Dinossauro

Esses gigantes apareceram há mais ou menos 230 milhões de anos atrás, e durante 135  milhões de anos foram a espécie dominante na Terra, do período Triássico até o final do período Cretáceo. Cerca de 65 milhões de anos,  um evento catastrófico ocasionou a extinção em massa de quase todos os dinossauros, com exceção das espécies de plumas.

Há animais vivos hoje que conhecemos, e que, segundo vários estudos, descendem dos dinossauros, como os jacarés. e o dragões-de-komodo.

12102215250112

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+