Fatos Nerd

5 cenas de séries da Netflix que nunca seriam exibidas na TV aberta

0

Recentemente, Reed Hastings, CEO da Netflix, disse que a empresa pretende cancelar mais de suas séries originais na intenção de se arriscar mais em novos projetos. Ela pretende investir em ideias ousadas e que quebrem barreiras e estigmas sociais. Este é meio de trazer importantes temas para discussão geral, com um conteúdo acessível e inovador. Acontece, que muitos de seus programas já trouxeram cenas consideradas bastante polêmicas, situações que em uma emissora de canal aberto – em alguns casos mesmo a cabo – talvez não fosse algo possível de se fazer. Podemos dizer que, o canal de televisão que mais se aproxima dos riscos, seja a HBO, sempre trouxe séries com temáticas diferentes e situações incomuns.

Com isso em mente, separamos alguns momentos de séries originais da Netflix, nos quais – por inúmeros motivos, seria muito improvável que fossem ao ar na TV aberta.

1 – Sexo a três com Vice-Presidente, sua esposa e o segurança (House of Cards)

Parece até uma sinopse de filme pornô, no entanto, é apenas mais um episódio de House of Cards. A cena veio como um choque para quem acompanha tranquilamente o episódio, com Frank e Claire Underwood planejando o próximo passo em direção ao topo do poder. Mas então, antes do capítulo acabar, ali mesmo, na cozinha de sua casa, ambos e mais seu guarda-costas, começam o que, popularmente é conhecido como threesome, ou sexo a três. A situação não chega a ser tão incomum na televisão, o espanto veio pela posição política do personagem e o fato da terceira pessoa não ser uma mulher, como de praxe acontece, mas sim, um homem.

2 – Três minutos de silêncio – Master of None

Aziz Ansari é um mestre no roteiro. Ao fim de Parks and Recreation, ele deu início a Master of None. Na série, ele interpreta Dev, um ator de trinta anos, residente de Nova York. Um dos episódios mais marcantes veio na segunda temporada, onde o personagem pega um Uber e passa três minutos em absoluto silêncio no banco de trás. Um tempo absurdamente inimaginável para a televisão, especialmente nos dias atuais. A cena, sem diálogo algum, torna o momento quase eterno e foi bastante inovador para o canal de streaming.

3 – Vendas de calcinhas usadas (Orange is the New Black)

O negócio era simples: algumas detentas ganhavam uma calcinha para usar por um dia inteiro, depois entregam e teriam o pagamento pelo serviço depositado em uma conta a escolha. As calcinhas eram contrabandeadas para fora do presídio e vendidas, de forma online, para qualquer pessoa se interessasse em cheirar calcinhas usadas por presidiárias. Uma ideia totalmente bizarra e, curiosamente, bem realista. Ainda mais quando se trata das penitenciárias americanas.

2 – Diálogos em espanhol (Narcos)

Ousadia? Demais! Americanos tendem a não gostar de nenhum programa que contenha legendas. Eles acreditam que apenas países de língua inglesa produzem filmes e séries. Mesmo assim, a Netflix foi lá e recheou Narcos com diálogos em espanhol, tanto que para viver Pablo Escobar, Wagner Moura teve de aprender a língua. A empresa, mais uma vez, arriscou e teve sucesso.

1 – Suicídio de Hanna (13 Reasons Why)

Toda a série já gerou uma enorme polêmica. A história gira em torno do suicídio de uma adolescente, um assunto muito delicado para se retratar em qualquer lugar. Além de dar luz ver ao projeto, a Netflix, ainda mostrou como a morte aconteceu, uma cena forte, desagradável, porém, real. O assunto continua a ser discutido. Certa ou errada, fato é que ela fez algo impensável para um canal de TV aberta.

Bônus – Mulheres, terceira idade e vibradores (Grace & Frankie)

A mulher gostar de sexo, ainda hoje, é um tabu. Agora imagine mulheres de terceira idade falando (às vezes até fazendo) sobre o assunto. Grace e Frankie passam a morar juntas depois que seus maridos anunciam que tem um caso um com o outro há mais de vinte anos e agora vão se casar. A série consegue mostrar de forma leve e descontraída que existe vida para quem se divorcia aos setenta anos. Abordando vários temas sociais referente a idade. Na segunda temporada, as duas começam um negócio na fabricação de vibradores para mulheres mais velhas. Apenas tente imaginar qual emissora seria capaz de aprovar uma ideia dessas.

Concorda com a lista? Que outra série e cenas poderiam ser listados aqui? Não deixe de compartilhar sua opinião com a gente.

5 personagens dos quadrinhos que revelaram suas verdadeiras identidades

Matéria anterior

5 perguntas não respondidas com o fim de Naruto

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos