O fundador e CEO do maior serviço de streaming do mundo, Reed Hastings, disse está na hora de ir além. Em entrevista ao site americano CNBC (via Vulture), o empresário revelou que os acertos na Netflix estão em um nível bastante alto e, por isso, eles precisam se arriscar mais agora. De acordo com ele, a plataforma precisa cortar algumas séries de sua grade para poder investir em novos projetos, algo que seja inovador e arriscado.

Hastings diz: “Nós já cancelamos algumas séries e eu estou sempre pressionando o time de conteúdo. Você precisa tentar fazer coisas ainda mais loucas, porque nós deveríamos ter uma taxa de cancelamento maior.” Segundo o CEO, você apenas encontrará séries de sucesso, caso você se arrisque e citou como exemplo sua mais nova sensação, 13 Reasons Why: “Você consegue alguns vencedores, que é algo que a gente não esperava, como 13 Reasons Why. Isso me surpreendeu. É uma ótima série, mas nós não esperávamos todo esse sucesso.”

Publicidade
continue a leitura

Raramente a Netflix cancelava tão cedo suas séries, isso tem mudado, como Reed Hastings deixou bem claro. A Primeira vítima foi Marco Polo, com duas temporadas produzidas, depois The Get Down, programa também com duas temporadas e hoje (01/06), ela anunciou oficialmente o fim de Sense8, após, adivinhe só? Duas temporadas. Ao que tudo indica, temos um padrão aqui. A partir de agora é bom ficar de olho nas suas séries favoritas. De qualquer forma, a Netflix está.

Publicidade
continue a leitura
Publicado em: 01/06/17 19h31