Curiosidades

5 histórias bizarras e reais que se tornaram filmes de terror

0

Filmes de terror são bastante populares. Eles são feitos para assustar e dar aquele aperto característico no estômago. Por incrível que pareça, muita gente adora a sensação e faz de tudo para sentir alguns calafrios no escurinho do cinema. Apesar de tudo, mesmo os amantes dos filmes de medo perdem um pouco o “rebolado” quando descobrem que a história que assistiram ou que ainda vão assistir foi baseada em fatos (horripilantes) da vida real.

Alguns dos filmes mais temidos e famosos do cinema são bons exemplos de casos reais, adaptados para as telonas. Mesmo metendo medo e deixando o pessoal sem um pingo de sangue nas veias, esses longas normalmente resistem aos anos e seguem ganhando novos públicos com o passar do tempo.

Alfred Packer – Mortos de Fome (1999)

Alfred Packer (apelidado de “Alferd” depois de uma tatuagem escrita incorretamente) é sem dúvida o canibal mais infame da história americana. Enquanto viajava para as minas de ouro de Colorado em 1874, Packer e outros cinco garimpeiros (Shannon Wilson de Bell, James Humphrey, Frank Miller, George Noon e Israel Swan) ficaram presos nas montanhas rochosas do estado.

Em sua confissão, Packer afirmou que Bell tinha assassinado os outros antes de atacá-lo com um machado, fazendo com que Packer o matasse em legítima defesa. Outros acreditam que Packer tenha cometido todos os cinco assassinatos e tentou jogar a culpa sobre Bell. Nós provavelmente nunca saberemos a versão verdadeira.

O que se sabe é que Packer sobreviveu a essa tragédia e se deslocou para Los Pinos perto Saguache, Colorado. Lá, ele foi acusado de devorar dois nativos. Durante o interrogatório, Packer admitiu que adorava carne humana e matou os dois indígenas. O caso de Parker inspirou o filme ”Mortos de Fome” de 1999.

Joe Ball – Eaten Alive (1977)

https://www.youtube.com/watch?v=hgREXavOeCg

Na década de 1930, Joe Ball era um ex-contrabandista dono de um hotel que vivia na pacata cidade de Elmendorf, Texas. Para entreter seus hóspedes, Ball construiu uma lagoa pantanosa atrás do hotel e colocou cinco jacarés nela. Muitos funcionários do hotel foram desaparecendo sem deixar vestígios o que começou a causar uma certa estranheza. O que ninguém sabia era que Joe matava seus funcionários e jogava para os jacarés.

Entre 1934 e 1938, Minnie Gotthardt, Dolores Goodwin, Hazel Brown, e Julia Turner desapareceram enquanto trabalhavam para Ball. Depois de um vizinho informar à polícia que Joe tinha um barril atrás do celeiro de sua irmã que cheirava a carne podre, ele foi intimado sobre as mortes. Ball logo após ser questionado sobre as mortes atirou em si mesmo no coração. Sua história inspirou o filme de 1977, Eaten Alive.

O ataque do rio Finniss – Medo Profundo (2007)

Em 21 de dezembro de 2003, Ashley McGough, Shaun Blowers e Brett Mann estavam andando em pântanos do norte da Austrália quando decidiram ir em direção ao rio Finniss, que estava com seu nível elevado devido ao ciclone Debbie. Em algum momento, Brett Mann perdeu o equilíbrio devido à forte corrente e foi levado rio abaixo. Brett foi atacado por um crocodilo e arrastado para debaixo d’água.

Poucos minutos depois, o crocodilo ressurgiu com o corpo de Brett em sua boca. O crocodilo, em seguida, retornou para atacar Shaun e Ashley. Ele permaneceu lá durante toda a noite e de manhã, até que um helicóptero de resgate chegou para resgatar o trio. Ashley e Shaun passaram 22 horas presos na árvore. O corpo de Brett Mann nunca foi encontrado. A história deu origem ao filme de 2007, Medo Profundo.

Travis Walton – Fogo no Céu (1993)

https://www.youtube.com/watch?v=VdFDH8RBH9I

No dia 5 de novembro de 1975, próximo a Snowflake, Arizona, um grupo de lenhadores, voltando do trabalho, depara-se com um forte clarão, vindo do meio da mata. Entre eles, estava Travis Walton, que, ao se aproximar do estranho fenômeno, é atingido por um raio de luz e, subitamente, desaparece. Assustados, seus amigos fogem do local e, retornando à cidade, relatam o ocorrido às autoridades locais.

Céticos, a Polícia começa a suspeitar de que Walton fora assassinado. Por sua vez, os amigos de Walton, continuam a manter sua versão da história. Neste ponto, os suspeitos, de comum acordo com a Polícia, submetem-se ao detector de mentiras e, apesar de todos terem passado no teste, mesmo assim, uma acusação de homícidio foi aberta contra eles.

Então, cinco dias após seu desaparecimento, surpreendentemente, Travis reaparece, alegando de que fora levado a bordo de uma nave extra-terrestre, aonde fora submetido a experiências por seres alienígenas. A história deu origem ao filme Fogo no Céu de 1993.

Adolfo Constanzo – Borderland (2006)

Adolfo Constanzo era um praticante de magia negra, especificamente de Palo Mayombe, uma religião afro-caribenha, que inclui o sacrifício ritual de animais. A religião não incluía sacrifícios humanos até Constanzo decidir modificar a religião para seus próprios fins. Como líder de um culto e de um cartel de drogas, Constanzo orquestrou os assassinatos rituais de 23 pessoas em Matamoros, no México, entre 1988 e 1989.

Os órgãos das vítimas foram usados para fazer feitiços para proteger sua gangue de inimigos e assegurar a prosperidade de seu negócio. Sua amante e seguidora Sara Aldrete Villareal disse que se sentiu obrigada a obedecê-lo. Constanzo cometeu suicídio depois que ele foi encurralado em uma caçada humana provocada pelo assassinato de um estudante universitário americano chamado Mark Kilroy. O filme de 2006 Borderland é vagamente baseada na religião assassina de Constanzo.

As 7 florestas nebulosas mais exóticas que existem no planeta

Matéria anterior

7 coisas fascinantes que você não sabia sobre o telescópio espacial Hubble

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos