5 motivos bizarros que faziam as pessoas serem acusadas de bruxaria

POR A redação    EM Mistérios & Horror      21/08/15 às 14h23

Durante a Idade Média, a Europa foi palco dos julgamentos de bruxas que foram causados ??pelo pânico moral e pelo fanatismo religioso. As pessoas acreditavam que o Diabo tinha possuído muitas mulheres para ajudar a espalhar o mal por praticar bruxaria e imiscuir-se no ocultismo.

Embora isto possa parecer bobagem para você, o medo dos que não conhecem nada se transformava em uma histeria em massa a caça as bruxas. James VI publicou um livro, "Daemonologie", em 1597 defendendo o direito de torturar e matar bruxas (masculino e feminino), que estavam ameaçando sua posição e autoridade da Igreja com seus maus caminhos.

O temor do Supernatural e a desconfiança que o público teve com o próximo levaram à execução em massa de milhares de pessoas inocentes em toda a Europa. Então, o que você precisava ter feito para que você fosse acusado de bruxaria na Época Moderna?

Ser Pobre

26

Para conter a população os pobres eram queimados na fogueira. Para que não acontecesse muitas revoltas, a acusação oficial era de bruxaria.

Caminhar em grupos

25

Eles acreditavam que as bruxas andavam em conjunto para realizar rituais satânicos e assustar as pessoas "de bem".

Ter qualquer deficiência física

23

Qualquer deficiência física aparente era considerada um "castigo de Deus".

Se você não tinha filhos (ou poucos)

22

A igreja acreditava que a pessoa era amaldiçoada se ela não tivesse muitos filhos.

Se você fosse bonito (a) demais

24

Só inveja pode explicar alguém ser queimado vivo por ser considerado "belo" demais.

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+