Se você é fã da Marvel e principalmente de Homem Aranha você já está cansado de saber da importância dos simbiontes nas histórias desse herói. Mas, caso você esteja um pouco por fora, essas criaturas são da raça alienígena Klyntar, mas calma, eles não são de uma natureza má, muito pelo contrário! Os Klyntar são uma raça super pacífica, e Venom e Carnificina que são casos a parte e marginais de sua espécie. Tanto é que quando falamos de Guardiões da Galáxia, esse povo nunca foi uma oponente para o grupo.

Mas Venom e Carnificina causaram problemas a Peter Parker. E como causaram. E por isso hoje, selecionamos os mais poderosos simbiontes que botaram o terror no universo da Marvel.

1 - Agent Venom

Eugene "Flash" Thompson tem uma história antiga com Peter Parker: apesar de ele ter tornado a vida de Peter Parker bem complicada para o nosso herói, assim que terminaram os estudos os dois se tornaram bons amigos. Flash começou a servir o exército e até lutou na Guerra do Iraque, que foi quando ele perdeu as duas pernas. A fim de recuperar seus membros inferiores, mas para nossa surpresa (positiva), Flash consegue controlar o simbionte e se torna um importante aliado para vários heróis da Marvel como Homem Aranha, Guardiões da Galáxia e Vingadores.

Publicidade
continue a leitura

2 - Toxina

O milésimo simbionte existente, Toxina é bastante poderoso, mas cometeu alguns erros em sua história. Inicialmente ele se uniu a um oficial local e foi uma questão de tempo até ele ser encontrado por outros personagens. Toxina tem força e reflexos aprimorados, além de ser imune ao sentido-aranha do Homem Aranha e poder injetar uma toxina letal em seus oponentes quando os morde. Como se não bastasse, ele tem um fator de cura aprimorado de fazer inveja no Wolverine e pode rastrear pessoas.

3 - Carnificina

Publicidade
continue a leitura

Um dos primeiros simbiontes a chegar na Terra foi Carnificina, ele é filho do simbionte Venom que estava unido a  Eddie Brock no momento que esse humano estava preso. Carnificina se uniu ao parceiro de cela de Eddie, Kasady, que era um psicopata que chegou a matar a própria avó. Por ter um hospedeiro tão mentalmente instável, esse simbionte se comporta de maneira mais violenta que seu antecessor e não hesita em destruir quem quer que fique na sua frente. O perigo é tanto que Venom e Homem Aranha chegaram a trabalhar juntos para detê-lo, outro personagem que também teve essa missão foi Deadpool, afinal de contas: quem é melhor para parar um louco do que outro louco?

4 - Anti-Venom

Quando o simbionte Venom deixou o corpo de Eddie Brock, alguns resquícios ainda permaneceram no corpo do rapaz o que fez com que ele tivesse câncer. O vilão Mr. Negative resolveu ajudar, mas a cura para a doença de Brock veio acompanhada dos restos de Venom e os glóbulos brancos de Eddie deu origem ao vilão Anti-Venom. Por ter surgido de um tratamento médico, o fator de cura de Anti-Venom é superior, além disso o simbionte não tem consciência própria, ou seja, todos os seus atos são escolhas de Eddie Brock. O ponto fraco dele é que ao usar demais as suas habilidades ele acaba ficando mais suscetível aos golpes de seu oponente.

Publicidade
continue a leitura

5 - Venom

Venom foi o primeiro simbionte vilão ao se unir a Eddie Brock, o humano aceitou de bom grado essa situação pois havia perdido o emprego por culpa de Peter Parker e desejava se vingar do herói. No geral ele possui habilidades semelhantes ao do Homem Aranha, mas com adição de força e reflexos mais apurados. Venom se tornou tão popular entre os fãs da franquia que até mesmo ganhou aventuras como um anti-herói, inclusive atuando como parceiro de Homem Aranha em algumas situações contra outros simbiontes.

Qual simbionte é seu favorito e você considera o mais poderoso? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicado em: 29/08/17 23h19