• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 atrações mais cruéis com os animais que ainda existem

POR Leticia Rocha    EM Mundo Animal      22/03/19 às 18h37

Os animais sempre estiveram presentes em nossas vidas. No passado, principalmente como fonte de alimento. Um tempo depois como ajudantes e depois como parceiros de vida. No entanto, chegou um tempo em que os humanos atribuíram uma outra tarefa aos animais, a de entretenimento. Com certeza, essa função está muito distante do que é considerado normal ou adequado.

Os animais não nos fizeram mal algum e com certeza não merecem passar pelas situações que passam. Eles que são acostumados a viver livres na natureza, são constantemente perseguidos, capturados e preso. Tudo isso, apenas para nos divertir. Se você achava que isso não existia mais, está enganado. Vamos te mostrar algumas das atrações que ainda usam os animais para entreter humanos.

1 - Circo

Por mais que os estabelecimentos aleguem que os animais são bem cuidados, pense com a gente: nenhum animal selvagem dança ou pula em arcos pegando fogo por vontade própria. Se eles fazem isso, é porque sabem que algo ruim os aguarda caso desobedeçam. E por mais que sejam bem cuidados, entenda que esses animais estão fora de seu habitat natural e que são obrigados a adquirir hábitos que simplesmente não são comuns de suas raças. Por melhor que seja o tratamento, é uma situação de estresse maquiavélica por si só.

2 - Shows com animais marinhos

Golfinhos e baleias estão acostumados a viajar pela imensidão do mar. Eles geralmente vivem em grandes grupos, mas isso muda quando são capturados e levados como atrações. Os locais em que ficam são minúsculos quando comparados ao seu habitat natural. A falta de espaço inclusive atrapalha a vida dos animais, que ficam com os músculos fracos e nadadeiras menores que o normal.

3 - Shows com cobras

Há países em que as cobras são usadas como entretenimento. Elas são obrigadas a brigar umas com as outras e são também tocadas até mesmo pelos visitantes, mesmo isso sendo extremamente perigoso. Além disso, elas são guardadas em pequenos recipientes e só saem durante as apresentações. Além disso, as brigas com outras cobras causam ferimentos e fraturas, sim, as cobras também sentem dor.

4 - Corrida de cavalo

As corridas de cavalos são cruéis! Os animais são submetidos à situações de estresse extremo, sofrem fraturas e se sentem mal psicologicamente. Inclusive houve casos de que cavalos que morreram de exaustão durante a prova. O pior de tudo é que quando os cavalos chegam ao fim de sua carreira esportiva, eles já estão feridos e psicologicamente destruídos.

5 - Jardim Zoológico

Por mais que os zoológicos pareçam lugares felizes e legais, isso só vale para os visitantes. Os animais trancafiados ali estão longe de seu habitat natural, pior ainda, vivem trancados e isso de forma nenhuma é positivo. Inclusive, alguns projetos de zoológicos diferentes estão surgindo, nesses locais são os humanos é que ficam em jaulas enquanto os animais ficam livres.

6 - Fotos com animais exóticos

É muito comum que alguns locais disponibilizem macacos e araras para que os turistas tirem fotos com os animais. E é claro que muitos não resistem e dão lucro a esse tipo de comércio. O que as pessoas não sabem é que esses animais muitas vezes têm garras e dentes removidos, tudo para não oferecerem risco aos visitantes. Além disso, muitas vezes eles são drogados com tranquilizantes. Você acha que isso é justo?

7 - Equitação elefante

 Os filmes indianos passaram uma imagem completamente equivocada sobre os elefantes. Os animais não estão felizes em "servir" aos humanos. Na verdade, o filhote é separado da mãe ainda muito pequeno e é obrigado a aprender os truque e atender os comandos do treinador. Caso desobedeça, o animal apanha e é machucado. É um verdadeiro processo de tortura.
Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+