7 coisas do mundo real que inspiraram Pokémon e você não sabia

POR Gustavo Camargo    EM Entretenimento      14/06/18 às 16h59

Criado por Satoshi Tajiri, a saga de jogos e desenhos animados japoneses intitulada Pokémon foi um verdadeiro fenômeno nos anos 90. Tal sucesso deu origem a diversos games de RPG feitos para o Game Boy e Game Boy Advance. Os mais famosos foram: Pokémon Yellow, Blue, Red, Silver, Gold, Crystal, Ruby e Sapphire.

Satoshi Tajiri, era um jovem que adorava estudar insetos. E junto do conceito da metamorfose, o japonês idealizou um mundo no qual treinadores duelavam uns com os outros com "monstrinhos" que evoluíam e ficavam cada vez mais fortes. E foi a partir dessa pequena ideia que nasceu Pokémon, em 1994.

E não acaba por aí, a série tem como inspiração diversos fatores e lugares. Alguns deles são bem óbvios, como borboletas e cães, outros são bastante estranhos e bem obscuros. E foi pensando nisso que nós da Fatos Desconhecidos trouxemos 7 coisas do mundo real que inspiraram Pokémon e você não sabia. Confira:

1 - Manaphy

O lendário Pokémon de água Manaphy, fez um grande sucesso devido a sua aparência. Para muitos se trata de uma criatura inocente. Mas aparentemente, o animal em que ele foi inspirado não compartilha das mesmas ações. Os "anjos do mar", são adaptados às águas polares. Grandes pedaços de gelo trazem essas pequenos bichinhos para costas japonesas uma vez por ano.

Mesmo que todo um 'marketing fofo' seja feito sobre ele, esses bichos tem um lado sombrio. Claros predadores, suas cabeças semelhantes a cascos abrigam seis tentáculos cobertos de pequenas farpas, utilizadas para puxar caracóis de suas conchas.

2 - Mawile

O Mawile é um dos vários pokemons que são baseados no youkai japonês: a "mulher de duas bocas". Na mitologia, a mulher é uma humana normal que desenvolve uma segunda boca na parte de trás de sua cabeça. A segunda boca, agindo por conta própria, não apenas se alimenta de comida, mas fala os verdadeiros pensamentos da mulher.

3 - Parasect

O Paras é um Pokémon inseto, sugador de seiva e aparentemente inspirado em uma cigarra. Mas em suas costas cresce um par de misteriosos cogumelos. Enquanto normalmente uma cigarra iria desenvolver asas, isso não acontece quando ele evolui. O Parasect é uma criatura com olhos penetrantes e um cogumelo ainda maior.

O fato é que esse cogumelo na verdade pode se tratar de um fugo parasita do gênero Cordyceps, que de fato crescem nos corpos de insetos e podem até mesmo manipular seu comportamento.

4 - Kricketune

Mesmo que ele seja atribuído a grilos, já que reproduz música do próprio corpo. Seu design é tirado de um inseto chamado besouro do violino. Literalmente o inseto parece um violino ambulante. Ele por si só não faz nenhum som, mas o Pokémon tira proveito de seu formato.

5 - Sableye

Em 21 de agosto de 1955, na cidade de Kelly, Kentucky, duas famílias afirmaram terem sido atacadas por misteriosos "goblins" com cabeças grandes e redondas, orelhas de morcego, corpos pequenos e enormes olhos brilhantes e redondos. A história se espalhou por todo o mundo e virou inspirou um pokémon.

6 - Woobat

Em nosso mundo também existe o nosso próprio exemplar do Woobat, o Ectophylla alba. Esses pequenos animais vivem em pequenas sociedades. Esses morcegos ficam embaixo de grandes folhas e à medida que a luz solar penetra na folha, parece que a sua pele branca fica verde, tornando mais difícil a identificação dos predadores.

7 - Rowlet

O Rowlet é o Pokémon inicial dos jogos Sun e Moon. Se parece bastante com uma coruja. Mas não é qualquer tipo de coruja. Se trata de uma coruja chamada Pueo, a única espécie nativa de coruja do Havaí.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Via   Listverse     Historiadetudo  
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento tem o único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+