• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 coisas que você faz que seu cachorro odeia secretamente

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      11/04/18 às 23h08

Normalmente, o fato de ter um cachorro em casa já é sinal de alegria. Por exemplo, quem é que não gosta de chegar do trabalho e ser recebido com toda a felicidade daquele cãozinho que passou o dia todo esperando pela sua volta? Então ele corre pela casa, pula em você e solta aqueles latidos em sinal de que está feliz em te ver. Já percebeu como os cães são intensos? Esse tipo de comportamento é uma das maiores provas disso.

Pra eles é como se não tivesse meio termo. Ou eles adoram algo, ou simplesmente detestam. Bem, e é exatamente por isso que você deve ficar muito atento. Alexandra Horowitz, pesquisadora de cognição canina da Universidade de Columbia, afirma que vários de nossos comportamentos em relação ao cão podem deixá-lo estressado.

Ela ressalta que cada um deles pode ter um tipo de reação diferente, mas no geral, é importante estar sempre alerta. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo alguns itens relativos às pesquisas de Horowitz, que mostram coisas que você faz que seu cachorro odeia secretamente. Confere aí!

1 - Deixá-lo preso durante fogos de artifício

Não é novidade que quando um cachorro escuta os sons provocados por fogos de artifício, fica morrendo de medo. Ele começa a correr sem destino, e receando algo pior, muita gente tem mania de trancar seu cão em um ambiente fechado, na tentativa de mantê-lo calmo. Mas tenha muito cuidado ao fazer isso. O ideal é que você já tenha um lugar seguro para que ele possam ficar.

Ao colocá-lo em um quarto pequeno, por exemplo, é comum que o cachorro comece a se debater e tentar escapar de todas as formas. Assim, ele pode acabar se machucando. A situação ainda piora porque ele pode achar que é "algo pessoal", já que ele passa a se sentir aprisionado. O medo é ainda mais intenso.

2 - Estranhos em um ambiente novo

Por vezes, estudos já conseguiram comprovar que os cães gostam de conhecer novos lugares. No entanto, a experiência apenas é prazerosa para eles quando fazem isso com o dono, ou uma pessoa na qual já são acostumados. Um artigo de 2014 descobriu que o estresse em cães aumentava sempre que eram submetidos a um lugar novo, onde pessoas estranhas os acariciavam. Bem, é claro que isso pode variar de cão para cão, mas fica o alerta... É melhor evitar deixar seu bichinho com um amigo ou parente, antes de apresentá-los devidamente.

3 - Seu comportamento influencia

Um artigo do ano de 1997 já sugeria que o comportamento humano pode ter influência sobre o de um cachorro. Embora as evidências disso tenham sido abordadas como "escassas", estudos mais recentes comprovaram isso. Dessa forma, é provável que os donos que sofrem com maior ansiedade usem o cão para controlar suas próprias emoções. Tal comportamento pode acabar fazendo com que o animal também se torne mais ansioso.

4 - Passeios mal planejados

Passear com seu cachorro traz benefícios sociais, psicológicos e fisiológicos para ambos. No entanto, é importante ficar atento ao horário que você escolhe para fazer isso. Passear ao meio dia, durante o verão por exemplo, não é uma boa opção. Acredite, tem gente que faz isso.

Tal atitude pode ser bastante perigosa para seu bichinho de estimação. O cão pode sofrer graves queimaduras, sem contar que suas patas são literalmente fritas com o extremo calor presente no chão. Uma dica é, sempre verificar a temperatura do solo antes de sair com seu cachorro.

5 - Abraços

Sim, esta é uma questão bastante controversa. Foi no ano de 2016 que um estudo conduzido pelo neuropsicólogo Dr. Stanley Coren sugeriu que os cães detestam abraços... Ou pelo menos, a maioria deles. Para o experimento, foram tiradas 250 fotos de cães diferentes, exatamente no momento em que eram abraçados. Em cerca de 81,6% das imagens, eles não pareciam visivelmente confortáveis com a situação. Diversos especialistas em comportamento animal concordam com os resultados apontados pelo estudo.

De fato, um abraço pode ser uma invasão excessiva do espaço pessoal de um cachorro. No entanto, o próprio autor do estudo indica que este foi um estudo pontual e que pode ter falhas. Mas, muitos cães realmente parecem se estressar ao receber um abraço.

6 - Ser envergonhado

A internet está cheia de vídeos que mostram um cachorro com cara de paisagem, quando o dono briga com ele por ter feito alguma bagunça. Alguns até parecem se sentir culpados, fazendo aquela carinha de quem está pedindo desculpas. Bem, o fato é que eles realmente podem se sentir culpados, mas não é isso que esse tipo de comportamento quer dizer.

Nestes casos, eles apenas estão respondendo a bronca, tentando apaziguar as coisas. Segundo a autora de um estudo que envolve o tema, eles sempre farão essa expressão quando julgarem que serão, ou quando forem repreendidos. Independente de terem culpa ou não. A partir daí, podemos julgar que os cães entendem nossas regras. A partir do momento que você os culpa por algo, podem se sentir extremamente angustiados.

7 - Ser arrancado de uma descoberta

Ao passear com um cachorro, é comum que ele queira cheirar todo meio fio, árvore, flor e outras coisas que encontram pela frente. No entanto, quando isso acontece temos o costume de puxar a coleira e seguir o caminho normalmente. Esse tipo de atitude é simplesmente horrível para um cão... Ele apenas está tentando aproveitar a oportunidade que tem para conhecer o mundo. É claro que não dá pra parar sempre que ele quer cheirar algo, mas tente não cortá-lo todas as vezes.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+