• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 coisas que você ganha ao doar sangue e provavelmente não sabia

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      07/03/18 às 15h26

Você já doou sangue algumas vezes na vida? Pois fiquem sabendo que existe muitas vantagens nessa prática. Em alguns estados, por exemplo, doadores de sangue ganham meia entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos. Em alguns estados ainda é possível fazer inscrições gratuitas em concursos públicos. Bom, mas além disso, quais são as vantagens de doar sangue?

Talvez por falta de informação, muitas pessoas não sabem quais são as vantagens ou benefícios e talvez por isso eles nunca tentaram doar. Por isso, pensando em informar os nossos leitores e incentivá-los a doar sangue, resolvemos fazer essa matéria com algumas vantagens e benefícios em praticar esse ato tão nobre, confiram:

1 - Melhorar o fluxo do sangue

Doar sangue ajuda a evitar a hipercoagulação, fazendo com que o nosso sangue tenha um fluxo mais leve. Quando acontece a hipercoagulação, pode haver rupturas nos vasos sanguíneos. Isso ocorre porque existe agentes que podem coagular o sangue, como tabaco, açúcar e estresse.

2 - Check-up de graça

Antes de seu sangue ser doado para alguém, o hemocentro realiza uma série de exames para saber se o seu sangue realmente está apto para ser armazenado no banco de sangue. Os exames podem indicar doenças como hepatite B e C, sífilis e HIV. O bom é que você tem acesso a esses dados e pode prevenir doenças, principalmente aquelas mais silenciosas que só descobrimos após um bom exame de sangue.

3 - Rejuvenesce

Sabia que doar sangue é um processo de rejuvenescimento? Quando doamos, o nível de fluído reduz e o nosso corpo tende a gerar novas células, criando um sangue novo, limpo e fresquinho.

4 - Insulina no sangue

A prática de doar sangue reduz o risco de ter diabetes. Quem doa sangue tem uma melhor sensibilidade à insulina. Por que? Bom, infelizmente ainda não existe uma explicação exata para isso.

5 - Redução do risco de doenças cardíacas

Doar sangue a cada 6 meses ajuda a manter os níveis de ferro no organismo sob controle, principalmente nos homens. Estudos dizem que o consumo excessivo de ferro pode aumentar o risco de doenças cardíacas. Sendo assim, por que não doar sangue e cuidar da sua própria saúde?

6 - Diminui o risco de câncer

Como citamos, doar sangue ajuda a regular os níveis de ferro no nosso corpo e isso favorece para a redução dos riscos do doador desenvolver algum tipo de câncer, como de fígado ou pulmão. Algumas pesquisas mostram que os aparecimentos de tumores cancerígenos estão relacionados com o excesso de ferro no corpo.

7 - Você pode ajudar o próximo e tirar um dia de folga do trabalho

Todo doador tem garantido na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) o direito de se ausentar do trabalho sem desconto no salário por 1 dia a cada 12 meses de trabalho para realizar doação voluntária de sangue. Então, vamos pensar: você está ajudando o próximo e ainda vai tirar um dia de folga do trabalho, por que não doa sangue?

Quem pode doar sangue?

Pessoas entre 16 e 18 anos incompletos podem doar sangue com o consentimento dos responsáveis legais. É preciso ter até 69 anos, 11 meses e 29 dias de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita antes dos 60 anos. Seu peso deve ser igual ou superior a 50 kg. É preciso estar alimentado, porém evitar alimentos muito gordurosos três horas antes da doação. Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas também é um requisito.

Além disso existem agluns impedimentos temporários, como estar bem de saúde. Ou seja, se estiver gripado, resfriado, com febre, espere 7 dias após o desaparecimento dos sintomas. Grávidas, mulheres que estão no período pós-gravidez (90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana) ou que estão amamentado também não podem doar sangue.

Ah, não podemos esquecer que tem fez tatuagem ou colocou piercing nos últimos seis meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação) também tem que esperar para ser doador. No caso de comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis é preciso esperar cerca de 12 meses.

E aí, preparado para doar sangue?

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+