• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 coisas que você precisa saber sobre Liga da Justiça Sem Limites

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      01/11/17 às 15h05

Liga da Justiça foi a primeira equipe de heróis das histórias em quadrinhos. Como se não bastasse, o grupo também conquistou a televisão com a série animada homônima transmitida no início de 2001. Criada por Bruce Timm e Paul Dini, o programa durou duas temporadas e teve um total de cinquenta e dois episódios. O desenho é responsável por uma das aberturas mais icônicas da história do gênero. Feita com apenas as silhuetas dos heróis e com uma encantadora trilha sonora clássica de fundo, a abertura traz emoção até hoje. O sucesso foi tanto que em 2004 ela ganhou uma continuação: Liga da Justiça sem Limites.

As séries fizeram parte da infância de muitos adultos de hoje. Uma animação bem produzida, com histórias envolventes e que respeitava tanto seus personagens quanto seu público. Enquanto a primeira apresentava apenas alguns integrantes da equipe, Liga da Justiça Sem Limites expandiu o grupo. Mais heróis foram apresentados e integrados a história. Mesmo após seu término, o desenho foi reprisado diversas vezes em canais abertos e fechados. Por isso, muitas pessoas acham que sabem tudo sobre a série, mas sabemos que informação nunca é demais. Selecionamos alguns fatos que, talvez, alguns fãs ainda não saibam. Confira!

1 - O sumiço de Aquaman

Liga da Justiça era para ser uma série centrada nos Sete Originais, mas não foi exatamente o que aconteceu. A princípio, Mulher Gavião substituiu Aquaman e John Stewart ficou no lugar de Hal Jordan para o elenco ficar mais versátil. O herói chegou a aparecer em alguns episódios, mas nada importante. Quando a série ganhou continuação e teve mais personagens, os fãs esperavam que Arthur Curry fizesse parte do grupo, mas o desejo não foi atendido. Isso porque a Warner Bros. (sempre ela) limitou o acesso ao personagem porque na época estava sendo desenvolvida uma série live action do rei de Atlântida. O programa seria um spinoff de Smallville estrelado por Justin Hartley. O projeto foi um fracasso e o Aquaman ficou fora da Liga por nada.

2 - Arqueiro Verde e a exigência dos fãs

Os produtores revelaram que um dos personagens mais exigidos pelos fãs era o Arqueiro Verde. Natural, pois Oliver Queen é um dos personagens mais populares do Universo DC e um membro tradicional da Sociedade da Justiça. A personalidade e o modo como o Arqueiro lida com as situações fazem dele um dos heróis mais queridos do meio. Os fãs apenas esperam que um dia o personagem seja realmente representado em live action.

3 - O renascimento de John Stewart

Provavelmente, o primeiro Lanterna Verde que vem a cabeça de boa parte dos fãs é o Hal Jordan. No entanto, na animação quem assumiu o posto foi John Stewart. E a série se revelou um belo catalisador para o herói. O sucesso do personagem na telinha fez com que ele voltasse a aparecer também nos quadrinhos. Dessa forma, John Stewart teve seu improvável retorno à nona arte graças ao seriado.

4 - Trapaceiro inspirado em Mark Hamill

Nem apenas de Star Wars vive Mark Hamill. Eterno dublador do Coringa, ele também participou da série The Flash da década de 1990, em que viveu o vilão conhecido como Trapaceiro - e teve até outra participação na atual série da CW. Como forma de homenagear e agradecer por toda sua contribuição dentro do universo, os produtores desenharam o personagem às formas de Hamill.

5 - Esquadrão Suicida como Força-Tarefa X

Liga da Justiça Sem Limites apresentou cenas de violência e flertou com humor sexual mais do que o convencional. Mesmo assim, a série ainda conseguiu ser censurada. Na época, o Cartoon Network achou que a palavra "suicídio" era simplesmente demais para o programa. Por isso, Esquadrão Suicida teve de ser renomeado para Força-Tarefa X.

6 - A influência do Cartoon Network

Estava tudo muito bem com Liga da Justiça até que o Cartoon decidiu que era hora de agitar um pouco as coisas. Partiu da emissora a ideia de expandir a equipe de heróis. Dessa forma, em Liga da Justiça Sem Limites, a história teve uma leve reinicialização. Assim, as histórias passaram a ser mais episódicas, acompanhadas de um arco geral. Nem precisa mencionar que a reformulação deu mais que certo!

7 - Epilogue seria o fim da série

Bruce Timm, um dos criadores, imaginou que a série estava perto do fim, portanto se preparou para ele. Tim guardou a história solo de Batman para fechar o universo de Liga da Justiça Sem Limites. Contudo, ele foi surpreendido pela emissora, que lhe ofereceu mais uma temporada. Timm não estava preparado para mais episódios, tanto que a última temporada da série é um pouco mais fraca que suas antecessoras.

O que achou da lista? Sabia de todos os itens apresentados? Conhece mais alguma curiosidade sobre o desenho? Então não deixe de compartilhar com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+