7 das mais interessantes (e talvez assustadoras) ferramentas médicas medievais

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      19/04/18 às 19h05

A medicina ao longo dos séculos passou por muitas mudanças. Várias pessoas foram submetidas a métodos e instrumentos bizarros até que tudo fosse aprimorado e chegasse aos modernos equipamentos que salvam milhões de vidas ao redor do mundo.

Hoje, listamos algumas ferramentas utilizadas por médicos e profissionais da saúde nos primórdios da historia da medicina. Os quais damos graças aos céus por elas já não pertencerem aos métodos utilizados hoje em dia. Confira!

1 - Inoculador, 1874

Essa ferramenta permitia que os profissionais da saúde na época pudessem vacinar as pessoas contra a varíola. Este instrumento era utilizado em pessoas já infectadas com a doença, onde as quatro lâminas do objeto eram penetradas nas pústulas onde a medicação seria administrada.

2 - A Cadeira de Palermo, Séc. XVIII

Esse móvel era utilizado pelas parteiras para auxiliá-las na hora de trazer os bebês a vida. A evolução dessas cadeiras posteriormente trouxeram "braços" mais resistentes e apoio para as pernas das futuras mamães.

3 - Seringa de mercúrio, 1545

Essa peça foi encontrada entre as carcaças do navio Tudor. Essa seringa, cheia de mercúrio tóxico, era usada para tratar os marinheiros com sífilis. A medicação era administrada em seus órgãos genitais.

4 - O kit de teste gravidez, 1980

Esse arcaico teste de gravidez foi o precursor dos modelos que conhecemos hoje em dia. Ele media os níveis do hormônio beta HCG na urina, assim como fazem os atuais. O grande problema é que não era tão simples assim manusear o equipamento. O procedimento dependia de muitas etapas, o que poderia colocar o resultado do exame em uma grande margem de erro.

5 - O kit de trepanação, 1771

Naquele período era muito comum imaginar que pessoas sofrendo de ataques epiléticos estavam sob possessão demoníaca. Dessa forma, eles abriam buracos na cabeça deles para "liberar os demônios" que ali estavam. Na verdade, a trepanação, ou como é chamado hoje em dia, craniotomia, era empregada para "curar" todas as doenças. Até mesmo enxaquecas.

6 - O berço de Utica, 1840

Esse "berço" era utilizado para manter os pacientes potencialmente agressivos de um manicômio no estado de Nova York, EUA. Era comum que eles fossem revestidos de palha para facilitar a limpeza. Nos anos 1900, eles foram substituídos por câmaras de restrição, camisas de força e lobotomias.

7 - Alicate dental, 1860

Esse alicate era utilizado para fazer uma espécie de canal e para a extração de dentes. Isso antes da invenção da anestesia. Esse instrumento era fabricado pelos norte-americanos no período da Guerra Civil.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Via   Mental Floss  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+