7 formas incríveis que as nuvens podem ter

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Ciência e Tecnologia      02/08/15 às 18h31

Muitos diriam que aquela forma no céu da imagem acima seria um ovni  ou algo do tipo, mas é apenas uma nuvem com uma forma diferente.

Quando você era criança provavelmente brincava de identificar imagens nas nuvens. Além de formas de objetos, animais e até pessoas, que a imaginação nos faz enxergar, existem outras formas que as nuvens podem ter.

No entanto, neste caso não é preciso usar a imaginação para vê-las, elas são reconhecíveis igualmente por qualquer um. E nem por isso deixam de ser simplesmente espetaculares.

Já viu como as nuvens ficam bonitas em alguns fins de tarde, por exemplo? Veja esses e outros fenômenos que causam formas inusitadas e super bonitas nas nuvens:

1. Lenticulares

lenticulares

Essa nuvens parecem lentes gigantes e normalmente são criadas em grandes altitudes, quando a massa de ar predominante tem bastante estabilidade.

Elas se formam quando o fluxo de ar choca com uma barreira geográfica, como um montanha, o que acaba resultando em espécies de ondas.

2. Nuvens estratosféricas polares

polares

As nuvens estratosféricas polares se formam durante o frio extremo do inverno, a umidade da estratosfera se condensa formando nuvens de cristais de gelo.

Elas são geradas em altitudes superiores a 15.000 metros e o sol as continua iluminando mesmo à noite. Isso acontece porque os cristais de gelo se dispersam e difratam a luz, fazendo com as as nuvens brilhem mesmo no escuro.

3. Asperatus

aspe

Esse tipo de nuvem geralmente se forma nas planícies da América do Norte e se caracteriza por formar ondas caóticas e escuras.

4. Cirrus Kelvin-Helmholtz

kelvin

Essas nuvens costumam se formar em quase todas as partes do mundo e em todos os níveis da atmosfera. O grande problema é que elas duram poucos minutos antes de se dissiparem por completo.

Elas surgem quando uma massa de ar quente flui rápido sobre uma camada mais fria. A diferença de densidade e velocidade gera uma força de corte, que cria o formato que você na imagem.

5. Supercélula

célula

Neste caso, as nuvens começam a escurecer e começam a girar como se fossem um redemoinho. Apesar de bonita, essa formação pode ser perigosa.

Na supercélula é comum aparecer fortes correntes rotatórias que podem produzir ventos fortes, granizos e até tornados.

6. Cirrocumulus

cico

As nuvens passam a ter formas cumpridas e onduladas. Esse tipo de nuvem costuma indicar que o ar quente está se elevando, ou seja, é um sinal de que pode chover.

7. Mammatus

masmatus

Essas nuvens se formam pelo choque de bolsas de ar frias e úmidas e de outras bolsas de ar mais quentes e secas. Apesar do fenômeno desencadear uma pequena precipitação, as nuvens impedem que elas cheguem no chão.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+